Brasileiro descobre remédio de baixo custo para curar Zika e evitar transmissão

O biólogo brasileiro Alysson Muotri, junto com sua equipe da Universidade da Califórnia, descobriu um medicamento de baixo custo, que impede camundongos de passarem o Zika para seus filhotes na gestação – e pode dar certo em humanos. Esse remédio já é usado contra a malária há 60 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eles descobriram uma droga que pode tanto impedir a infecção pelo vírus da Zika quanto evitar que ele seja transmitido para o feto em gestantes que já estão doentes, causando microcefalia.

Os resultados saíram um artigo científico, publicado na Scientific Reports no fim do ano passado.

A cloroquina, como é chamada, ficou famosa ao ser adicionada ao sal de cozinha da população da Amazônia na década de 1950 para combater um surto de malária. Ela altera o pH (o grau de acidez) das células fazendo com que se tornem inóspitas para certos vírus.

Os pesquisadores fizeram testes in vitro com sucesso – usando colônias de neurônios cultivadas especialmente para esse tipo de experimento.

Depois passaram para os camundongos, que também reagiram bem ao medicamento.

Fêmeas grávidas tratadas com cloroquina se tornaram imunes à doença, e tiverem filhotes saudáveis mesmo após serem expostas ao vírus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O Zika pertence a um grupo de vírus – os flavivírus – que são muito resistentes a vacinas”, explica Muotri.

O artigo prova que o Brasil está muito bem nas pesquisa do vírus.

“No ranking de pesquisas sobre o Zika, acredito que o Brasil esteja em segundo lugar. Só os EUA publicaram mais”, comenta Muotri.

“Nós estamos muito bem, e muito disso é crédito da colaboração internacional. Os brasileiros conseguiram buscar apoio de cientistas no exterior para fazer a coisa andar mais rápido. Vitória da ciência.”

Com informações de Super Interessante

Foto: David Paul Morris/Universidade da Califórnia/Divulgação

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

985,943FãsCurtir
1,750,816SeguidoresSeguir
8,567SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fábio Assunção dá a volta por cima um ano depois de virar ‘piada’ no Carnaval

É impressionante o quanto as coisas podem mudar em apenas um ano, né? Olha o caso do ator Fábio Assunção, 48 anos. No Carnaval do...

Bióloga que salvou Arara Azul da extinção vira personagem da Turma da Mônica

Na última terça-feira (11), foi celebrado o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência. Para comemorar a data, a Mauricio de Sousa Produções...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Neto faz “antes e depois” e homenageia avó em seu aniversário de 99 anos

A homenagem de um neto para sua avó no dia do seu aniversário de 99 anos comoveu as redes sociais nesta quinta-feira (13). Iury Neto,...

Juiz vai até a casa de idosa para lhe conceder aposentadoria

Um  caso incomum aconteceu há alguns meses, onde um juiz foi até a casa de uma senhora de 100 anos para conceder aposentadoria a ela. O...

Instagram