Array

Brasileiros reproduzem invenção de garoto canadense que protege orelha no uso de máscaras

Clique e ouça:

Quando a gente fala sobre o poder do exemplo não é à toa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Razões mostrou a iniciativa de um garoto que inventou um acessório para aliviar a dor nas orelhas dos profissionais de saúde causada pelo uso constante de máscaras e, inspirados nele, brasileiros estão produzindo o acessório para doar a hospitais.

A boa ação é dos professores de Robótica Frederico Lara e Jean Rafael, do Colégio Objetivo DF, de Brasília. Fred foi quem viu o exemplo do menino de 12 anos, Quinn Callander, do Canadá, em um post do Razões, e decidiu replicar aqui no Brasil.

Brasileiros reproduzem invenção de garoto canadense que protege orelha no uso de máscaras 1
Foto: Reprodução/Instagram @fredericoyslara

“Quando vi a ideia dele, falei com o outro professor que tem uma impressora 3D em casa. Começamos imediatamente a produzir e em um dia recebemos 1.200 encomendas”, disse Fred.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Máquina de produzir acessório para aliviar incômodo no uso de máscaras
Impressora do professor Jean agora está servindo para produzir o alargador. Foto: Arquivo pessoal

Fred e Jean estão pagando o material para a produção do próprio bolso e também contam com a ajuda logística e financeira do colégio. Todos os “alargadores” vão ser doados gratuitamente.

Brasileiros expondo acessório em 3D para aliviar incômodo no uso de máscaras
Jean e Fred estão trabalhando incansavelmente para produzir o máximo de alargadores. Foto: Arquivo pessoal

Um empresário de Minas Gerais também está dando um belo exemplo. Mesmo com sua empresa de corte a laser parada, ele se ofereceu para fabricar máscaras para hospitais. Criamos uma vaquinha na VOAA para ajudá-lo com os custos. Clique e contribua!

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O prende as tiras das máscaras e fica atrás da cabeça, deixando as orelhas livres.

A Lego também está dando exemplo para o mundo todo, já que vai produzir 13 mil viseiras de proteção por dia para profissionais de saúde.

Acessórios que aliviam a dor do uso de máscaras
Professores criaram uma mensagem fofinha para os profissionais de saúde que recebem o alargador. Foto: Arquivo pessoal

Os professores já receberam encomendas de hospitais de Brasília, Bahia e Goiás. Agora, Fred comprou uma impressora 3D para aumentar a capacidade de produção e convidou outro professor para entrar no projeto. “Estimamos que vamos produzir 100 por dia”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se você tem uma impressora e quiser ajudar a produzir os alargadores ou doar material pode fazer contato pelo perfil do projeto no Instagram.

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

Além de dar o exemplo, o garoto canadense liberou o projeto para qualquer pessoa produzir o acessório e foi através desse ato do menino que Fred e Jean conseguiram começar tão rapidamente a produção dos alargadores.

Garoto que desenvolveu acessório em 3D para aliviar incômodo no uso de máscaras
Quinn Callander desenvolveu projeto e abriu para quem quisesse produzir. Foto: Reprodução/Facebook @hebby2u

É como o gesto de designers brasileiros que criaram um protetor facial em 3D e disponibilizaram o projeto para quem quiser produzir.

“Existem muitas pessoas no mundo de coração bom e com muita vontade de ajudar as pessoas. Mas na correria do dia a dia a gente acaba esquecendo. Esses exemplos de boas notícias nos inspiram e conseguem arrancar essa vontade e tornar projetos reais”, disse Fred.

Plataforma dará cachê a 600 a maquiadores autônomos que estão sem trabalhar por causa da Covid-19, saiba mais clicando aqui.

Fotos de capa: 1 – Reprodução/Facebook @hebby2u; 2 – Arquivo pessoal

selo conteúdo original

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,076,276FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,572SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Depois da formatura, ela foi até o trabalho de seu pai, que é pedreiro, para agradecê-lo

Se tem uma coisa que a paraguaia Yudit Romero reconhece é o sacrifício que o pai fez para lhe dar a melhor educação possível. Don...

Instagram

Brasileiros reproduzem invenção de garoto canadense que protege orelha no uso de máscaras 14