Brasileiros desenvolvem método de baixo custo para detectar doenças como o câncer

A ciência tem se mostrado como um dos pontos promissores do Brasil, mesmo que tenha pouquíssimos recursos. Em uma publicação gringa, um grupo de brasileiros explica seu método de baixo custo para detectar doenças como o câncer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A técnica, chamada de Biosusceptometria de Corrente Alternada (BAC), é usada para monitorar, em tempo real, o acúmulo de nanopartículas magnéticas acumuladas em órgãos como os rins e o fígado, ajudando a diagnosticar males precocemente e, assim, aumentar as chances de tratamento.

Por enquanto, o BAC está sendo testado em modelos animais. O grupo da Unesp e seus colaboradores colocaram um sensor posicionado na barriga de um rato. Sob anestesia, injetaram em sua veia as nanopartículas, feitas de óxido de ferro com manganês e revestidas com citrato, para então monitorar a atividade presente no fígado do roedor.

O resultado é semelhante a uma ressonância magnética nuclear, utilizada para detectar tumores, porém de custo bastante inferior. Segundo Caio César Quini, pesquisador do Departamento de Física e Biofísica do Instituto de Biociências (IBB) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e autor principal da pesquisa científica, com R$ 5 mil é possível fazer um equipamento de BAC, que é portátil e dispensa a radicação ionizante.

Vale na sua vida

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As nanopartículas magnéticas são pequenas no tamanho, porém grandes aliadas da medicina, empregadas para aplicação de fármacos controlados no organismo, em procedimentos terapêuticos, em contrastes radiológicos, entre outros. Este material é feito com o manganês, o quarto material mais utilizado do mundo! A Vale é a maior produtora de manganês no Brasil.

Leia também: Senhorinha de 91 anos emociona ao narrar como conheceu o amor de sua vida no trem

[Nota da Redação]

Essa matéria faz parte de um canal especial mostrando o outro lado de histórias que não imaginávamos, para ver todas as matérias do canal acesse aqui.

Crédito de capa: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,444,158SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto incentiva a recolocação no mercado de trabalho para pessoas com mais de 50 anos

Através do projeto Golden Years, a PepsiCo tem ajudado a mudar a realidade de pessoas que achavam que não conseguiriam empregos formais depois dos 50 anos.

Clientes de deliveries surpreendem e pedem que refeições sejam doadas para quem tem fome

Uma simples refeição pode não fazer diferença para você, mas para muita gente faz! E sabendo disso, temos visto várias histórias de clientes de...

Feio, eu? Essas fotos de cães de raças sem pêlos vão desafiar seus ideias de beleza

Lhasa Apso, Golden Retrievers e Huskies Siberianos são raças indiscutivelmente bonitas, mas e os mexicanos Xoloitzcuintli ou os magrelos chineses com crista? Eles geralmente não ganham...

Cão Chihuahua faz Yoga junto com seu dono

Que a prática da Yoga nos trás uma grande serenidade e auto-conhecimento, nós já sabemos. Mas que até cães as praticassem, isso realmente é...

Gentileza: jovens poloneses vagam pelas ruas procurando cobertor para sem-teto

Os jovens da “geração millennial” são conhecidos por não desgrudarem de seus celulares e por isso, perderem um pouco a vida real, mas esses três...

Instagram