Brinquedoteca de hospital no RJ é reformada com doação de paciente que morreu

A brinquedoteca do Hospital Universitário Antonio Pedro, em Niterói, no Rio de Janeiro, ganhou mais vida depois que um ex-paciente, João Castro Souza e Silva, de 17 anos, morreu no final do ano passado e deixou parte dos recursos necessários para reformar o local.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O hospital pôde comprar brinquedos novos e pintar as paredes do espaço com cores mais alegres. A impressão é que você não está dentro de um hospital – não existe sinal de tristeza e nem de sofrimento. A ideia é quebrar o clima frio do ambiente que deixa as crianças pra baixo.

03-menina-pais

“Esse espaço minimiza o que chamamos de “sofrimento hospitalar”, ao mesmo tempo que traz o universo infantil para dentro do hospital”, disse a terapeuta ocupacional que cuida da brinquedoteca, Michele Carvalho, ao jornal EXTRA.

“É um espaço de brincadeira, mas aqui também explico para elas o que está acontecendo. Quando elas entendem, tudo fica melhor. A recuperação delas é melhor”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quem também garante isso é a mãe da pequena Francyelli, de 6 anos, Flavia Oliveira. “No momento em que ela foi internada, mudou. Parou de sorrir, ficou enjoada. Chorava à toa. Só vi minha filha se alegrar novamente aqui nessa sala, horas depois. É outra criança agora.”

02-brinquedo

A avó de Rodrigo, dona Izaura Souza e Silva, é membro da Achuap (Associação dos Colaboradores do Antonio Pedro). Depois que o neto morreu, ela vendeu os videogames do adolescente para investir na obra da brinquedoteca. Como forma de agradecimento, o lugar ganhou o nome de Rodrigo.

Fotos: Fábio Guimarães/EXTRA

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filha adotada doa rim para pai por serem perfeitamente compatíveis

A compatibilidade perfeita para doação de um rim para o pastor protestante Billy Houze, de 64 filhos, partiu uma fonte improvável: sua filha adotiva. DeLauren...

Homem trans enfrenta preconceito e engravida para realizar sonho de ter filhos

Cleyton e Fabiana sonharam com uma gravidez por mais de seis meses. Ele, um homem trans, e ela, uma mulher trans, precisaram enfrentar o...

Pai refugiado que vendia canetas na rua agora tem três empresas e emprega outros refugiados

Abdul Halim al-Attar, um refugiado da Síria que foi fotografado vendendo canetas nas ruas de Beirute, agora é dono de três empresas na cidade após uma campanha de crowdfunding on-line em seu nome que arecadou US$ 191.000.

Fonoaudióloga aposta em games educativos para o tratamento de crianças com deficiências

Foi durante pesquisas para inovações para o consultório que a psicóloga Geórgia Pereira Nejaim conheceu a PlayTable, mesa digital interativa e multidisciplinar criada pela...

Instagram