Depois de 2 anos tentando, cabeleireira consegue cortar cabelo de garoto autista

Cortar o cabelo pode parecer uma tarefa simples e fácil do cotidiano para a maioria das pessoas, mas não para uma criança com autismo. Talvez pareça assustador demais uma pessoa chegar perto com uma tesoura dizendo que vai cortar o seu cabelo e foi exatamente esta dificuldade que a cabeleireira Lisa Ann McKenzie, teve durante 2 anos ao tentar cortar o cabelo do garoto Jordie Rowlands, de apenas 10 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lisa é australiana e apesar de ter mais de 30 anos de carreira, quando conheceu Jordie, enquanto ela trabalhava em um salão, na cidade de Northlakes se viu frente a um grande desafio, talvez o maior de sua carreira. Quando seus pais levaram Jordie à barbearia e Lisa tentou cortar o cabelo do menino, foi um completo desastre e ela jamais se esquecerá da cena, ele se jogando no chão e ela tentando ir atrás dele sem sucesso: Eu senti que tinha falhado, e isso me fez querer fazer melhor”.

Relacionado: Barbeiro canadense dá atendimento especial para crianças autistas, mostrando o real significado da palavra empatia.

Foi então que ela começou a estudar mais sobre o autismo para tentar entender como poderia melhorar sua relação com o garoto. Ela até tentou ir até a casa dele para cortar seu cabelo, mas nada adiantava. Seus pais começaram a levar o garoto uma vez por semana ao salão para ver se ele se acostumava com Lisa, mas quando o dono da barbearia descobriu, acabou proibindo.

Extremamente frustrada, a cabeleireira decidiu que já era a hora de abrir seu próprio salão e foi então que surgiu o Celtic Barber Rothwell Central. Os pais do garoto continuaram a levá-lo uma vez por semana ao salão de Lisa e ela teve a brilhante ideia de começar a cantar para ele. Assim, aos poucos Jordie estava se acostumando com a presença de Lisa em sua vida e dessa maneira, começava a se sentir mais seguro e confiante.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após 2 longos anos de frustrações, Lisa finalmente conseguiu cortar o cabelo do garoto e hoje as coisas são completamente diferentes: Jordie agora segura minha mão e senta na cadeira. Surpreendentemente, ele agora interage comigo e eu até recebo um abraço no final”! Depois de fazer uma postagem em seu Facebook, mostrando o corte de cabelo de Jordan, mais de 100 crianças autistas foram ao seu salão.

E não acaba aí! Um domingo por mês, Lisa fecha o salão e faz uma ação inteiramente dedicada ao autismo. Hoje, são tantos clientes autistas que Lisa treinou mais 4 barbeiros para que eles também pudessem ser aptos para fazer o que ela faz: A família Celtic Barber tem muito orgulho de ser amiga dos autistas e de pensar fora da caixa!”, diz ela.

Vem dar uma olhada no vídeo e se emocionar um pouco:

Com informações de Good News Network

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: reprodução vídeo Youtube

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,095,548FãsCurtir
2,693,270SeguidoresSeguir
22,558SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

O cabelo crespo da Ludmilla é um ato importantíssimo para a beleza negra

"Eu fui criada achando que cabelo crespo, cacheado e enrolado era a coisa mais feia do mundo e que aquilo não era normal."

Hemocentro bate recorde de doação de sangue durante o Carnaval

Em sua primeira Ação de Carnaval, o Hemocentro de Goiás alcançou uma marca considerável de atendimentos nas unidades coletoras de sangue de todo o...

Brasileira cria repelente natural 100% eficaz contra o mosquito da febre amarela!

Infelizmente o Brasil está passando por um surto seríssimo de febre amarela e não há vacina para todo mundo. Mas a boa notícia é...

Série “Território do Brincar” resgata brincadeiras do tempo da nossa infância

A série infantil Território do Brincar fala sobre brincadeiras que marcaram a infância de quem hoje é adulto e que fazem parte da vida...

Instagram

Depois de 2 anos tentando, cabeleireira consegue cortar cabelo de garoto autista 1