Depois de 2 anos tentando, cabeleireira consegue cortar cabelo de garoto autista

Cortar o cabelo pode parecer uma tarefa simples e fácil do cotidiano para a maioria das pessoas, mas não para uma criança com autismo. Talvez pareça assustador demais uma pessoa chegar perto com uma tesoura dizendo que vai cortar o seu cabelo e foi exatamente esta dificuldade que a cabeleireira Lisa Ann McKenzie, teve durante 2 anos ao tentar cortar o cabelo do garoto Jordie Rowlands, de apenas 10 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lisa é australiana e apesar de ter mais de 30 anos de carreira, quando conheceu Jordie, enquanto ela trabalhava em um salão, na cidade de Northlakes se viu frente a um grande desafio, talvez o maior de sua carreira. Quando seus pais levaram Jordie à barbearia e Lisa tentou cortar o cabelo do menino, foi um completo desastre e ela jamais se esquecerá da cena, ele se jogando no chão e ela tentando ir atrás dele sem sucesso: Eu senti que tinha falhado, e isso me fez querer fazer melhor”.

Relacionado: Barbeiro canadense dá atendimento especial para crianças autistas, mostrando o real significado da palavra empatia.

Foi então que ela começou a estudar mais sobre o autismo para tentar entender como poderia melhorar sua relação com o garoto. Ela até tentou ir até a casa dele para cortar seu cabelo, mas nada adiantava. Seus pais começaram a levar o garoto uma vez por semana ao salão para ver se ele se acostumava com Lisa, mas quando o dono da barbearia descobriu, acabou proibindo.

Extremamente frustrada, a cabeleireira decidiu que já era a hora de abrir seu próprio salão e foi então que surgiu o Celtic Barber Rothwell Central. Os pais do garoto continuaram a levá-lo uma vez por semana ao salão de Lisa e ela teve a brilhante ideia de começar a cantar para ele. Assim, aos poucos Jordie estava se acostumando com a presença de Lisa em sua vida e dessa maneira, começava a se sentir mais seguro e confiante.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após 2 longos anos de frustrações, Lisa finalmente conseguiu cortar o cabelo do garoto e hoje as coisas são completamente diferentes: Jordie agora segura minha mão e senta na cadeira. Surpreendentemente, ele agora interage comigo e eu até recebo um abraço no final”! Depois de fazer uma postagem em seu Facebook, mostrando o corte de cabelo de Jordan, mais de 100 crianças autistas foram ao seu salão.

E não acaba aí! Um domingo por mês, Lisa fecha o salão e faz uma ação inteiramente dedicada ao autismo. Hoje, são tantos clientes autistas que Lisa treinou mais 4 barbeiros para que eles também pudessem ser aptos para fazer o que ela faz: A família Celtic Barber tem muito orgulho de ser amiga dos autistas e de pensar fora da caixa!”, diz ela.

Vem dar uma olhada no vídeo e se emocionar um pouco:

Com informações de Good News Network

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: reprodução vídeo Youtube

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,258,127SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Em Aracaju, professora cria roupa especial que ajuda na inclusão de aluno com paralisia cerebral

Educar é muito mais do que ensinar, efetivamente. Educar é acolher as pessoas com amor, compreensão e generosidade, e é exatamente isso que a...

Primeiro amigo: A amizade maravilhosa de um menino de dois anos com o lixeiro de sua rua

Você se lembra quem foi seu primeiro melhor amigo? Para o pequeno Deacon Ross, de East Dallas, foi O'Dee, o lixeiro de sua rua. A história dessa divertida amizade...

Inscrições abertas de programas para jovens empreendedores sociais

Toda iniciativa que cause impacto na vida das pessoas é sempre bem vinda aqui no RPA. Falamos uma vez sobre o Programa Vivenda, que quer resolver...

Graças a um grupo de vacas, filhote de foca é resgatado e volta ao oceano

Esta foquinha passou por grandes aventuras desde que esteve pela última vez no oceano. Agora, ela está finalmente de volta ao seu habitat natural, graças a um grupo...

Filho ensina a pai que brinquedo não tem gênero sem dizer uma palavra

O garoto deu apenas um empurrãozinho e deixou que o pai chegasse a essa conclusão sozinho.

Instagram