Início ETC Saúde Cabeleireira de 94 anos é contratada e faz sucesso com a clientela

Cabeleireira de 94 anos é contratada e faz sucesso com a clientela

Imagine perder o emprego no lugar onde você trabalhou durante 40 anos. Muitos provavelmente não saberiam mais o que fazer, não teriam aquele gás necessário para voltar à ativa.

Por isso gera espanto – mais admiração do que espanto, é verdade – o fato da cabeleireira Marion Stout, 94 anos, ter se reerguido na carreira após ficar desempregada por causa do fechamento do salão onde ela trabalhou por quatro décadas.

Marion voltou a trabalhar em um salão onde ela já tinha trabalhado antes, o Animations, em Nova Jersey (EUA). Carol Speirs, a nova chefe, não escondeu sua preocupação, mas só até ver Marion em atividade e a fila de clientes querendo ser atendida por ela.

Boa parte da clientela do antigo salão acompanhou a cabeleireira. Marion atende algumas delas há mais de 40 anos. E as mais novas também fazem questão de serem atendidas por Marion, que se mantém atualizada sobre as novas tendências de corte e maquiagem.

Ela trabalha três vezes por semana no salão. Marion ocupa os outros dias com aulas de canto, o coral e trabalhos voluntários.

via [QIQUEMINOVA]

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

982,393FãsCurtir
1,679,029SeguidoresSeguir
8,241SeguidoresSeguir
11,000InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Quem já comeu sabe o quanto o cará é saboroso. O tubérculo, que é bem parecido com o inhame, é rico em fibras e...

Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é...

Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

O futuro da medicina está cada vez mais próximo do presente. No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é...

Instagram