Cabeleireira devolve sorriso a menina com depressão após 13 horas de tratamento e palavras de afeto

O mais simples e prático, mas também o mais desumano, seria raspar o cabelo da jovem que há anos sofre de depressão crônica. A aprendiz de cabeleireiro Kayley Olsson fez diferente, esbanjando senso de humanidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Raspar o cabelo foi uma ideia da própria adolescente de 16 anos, assim que ela colocou os pés no salão onde Kayley trabalha, em Waterloo, no estado americano de Iowa. Ela disse à Kayley que estava se sentindo “tão para abaixo e sem valor” que não tinha forças para pentear o cabelo que ia até sua cintura.

A adolescente tinha uma sessão de fotos com a turma da escola marcada para os próximos dias. O problema é que ela não estava disposta, sem energia para arrumá-lo. A solução foi procurar um salão para dar um fim ao cabelo emaranhado e sujo.

Mas, Kaykey e sua colega Mariah Wenger concluíram que atender ao pedido da cliente, na situação em que ela se encontrava, seria um erro! “Eu sabia naquele momento que precisávamos preservar o cabelo dela o mais que podíamos”, escreveu Kayley no Facebook.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com paciência e zelo, as duas cabeleireiras desembaraçaram e pentearam o cabelo da estudante. O trabalho levou 13 horas e se estendeu por dois dias. Mais do que melhorar a aparência do cabelo, foi um momento para encorajar a adolescente e elevar sua autoestima, disse Mariah, mãe de duas meninas.

“Pude me relacionar de maneira muito forte com os problemas mentais dela, com a luta diária deles, por causa das minhas dificuldades com depressão e ansiedade pós-parto. Eu sabia como é sentir que não se vale nada. Uma criança nunca deveria se sentir assim”, acrescentou.

“Depois de ficar aqui durante 8 horas ontem e 5 horas hoje, finalmente fizemos essa linda menina sorrir, e sentir que ela TEM valor”, comemorou Kayley.

A publicação de Kayley foi compartilhada mais de 76 mil vezes e recebeu mais de 197 mil reações. Os internautas parabenizaram as cabeleireiras e compartilharam suas experiências com a depressão, lembrando que a adolescente não está sozinha. “Você é incrível por reconhecer que este é um problema de saúde mental”, disse uma usuária.

Veja o antes e o depois do cabelo da adolescente:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Incrível, né? 😉

NOTA DO RAZÕES:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sonhar acordado é delicioso, mas já imaginou o que a realidade virtual pode fazer? Estes idosos de uma casa de repouso tiveram seus sonhos realizados por meio da realidade virtual, assistam:

Fotos: Reprodução/Facebook

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,520,475SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casa eco-friendly inspirada na vila dos hobbits pode ser construída em apenas 3 dias

Toda vez que você assiste ao filme "Senhor do Anéis" se imagina vivendo naquela vila de Hobbits? Agora já é possível, pois a empresa norte-americana Green Magic...

Universidade em RS dá bom exemplo e faz sua primeira colação de grau totalmente inclusiva

A realização da colação de grau é obrigatória para todos os estudantes que se formam na universidade e vão pegar o seu diploma. Mas...

Lais Souza emociona ao ficar de pé pela primeira vez após acidente

Lais Souza, ex-ginasta, ficou em pé pela primeira vez com a ajuda de um estabilizador, durante uma sessão de fisioterapia. A jovem de 28...

Jovem de 17 anos cria robô fazendo programação em celular quebrado e ganha vaquinha para os estudos

Cézar tem apenas 17 anos e é um programador incrível. Ele vive de forma muito humilde na zona rural de Carutapera, interior do Maranhão...

Policiais constroem casa para mulher que cuida das filhas e do pai doente (GO)

Outras pessoas também se comoveram com o caso e estão empenhadas em colaborar com a construção da nova casa de Maristela.

Instagram