Cabeleireiro que perdeu salão em meio a pandemia investe em ‘barbearia móvel’ com ajuda de vaquinha

Mais um sonho realizado graças aos transformadores da VOAA! 🤗

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a crise que a pandemia gerou, o Flavinho teve que entregar seu ponto comercial e recomeçar de algum jeito em Salvador (BA). Sem muitos recursos, ele decidiu montar sua barbearia em uma caixa de pallets.

Quando descobrimos sua história, fizemos uma vaquinha e deu super certo! Vocês acreditaram no Flavinho e hoje ele está realizado com a sua barbearia móvel, linda demais! 😍

vaquinha voaa cabeleireiro perdeu salão ganha barbearia móvel

Olha como ficou sua barbearia!

vaquinha voaa cabeleireiro perdeu salão ganha barbearia móvel

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Consegui resgatar a cadeira de atendimento, reformei ela, pintei e coloquei o acabamento dourado. Além disso, instalamos pia, prateleiras, compramos o maquinário, produtos e o lava-cabelos. Tem até banquinho de espera para os clientes também”, disse o cabeleireiro, muito agradecido.

É um sonho realizado! Muito obrigado, muito obrigado mesmo a todos!“, completou.

vaquinha voaa cabeleireiro perdeu salão ganha barbearia móvel

No total foram arrecadados R$ 23.000,00 através da generosidade de 457 transformadores. Muito obrigado, pessoal! VOAA, Flavinho!

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes)

Relembre a história

A pandemia do novo coronavírus fechou uma série de negócios, mas não impediu que Flávio Carvalho, 42 anos, usasse toda sua criatividade para se reinventar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após perder o ponto em que trabalhava por não conseguir pagar o aluguel, o cabelereiro montou uma barbearia nas ruas de Salvador (BA) com caixas de pallet.

Após conhecer sua história, a VOAA lançou uma vaquinha para dar uma força para o Flávio. Com o valor arrecadado, pudemos ajudar o cabeleireiro!

Instalações precárias

O espaço em que o rapaz vinha trabalhando era super simples. Flávio conseguia atender apenas um cliente por vez e sequer tinha instalação de água.

Apesar de todas as dificuldades, comerciantes da região e vizinhos do espaço que ele montou o ajudavam com coisas básicas, como a própria água.

Em seu Instagram, Flávio mostrou toda sua habilidade com a máquina, tesoura e a navalha. O cara manda bem mesmo!

Flávio mora com a esposa, que é balconista, e uma filha de 10 anos. O sonho do cabelereiro era conseguir recuperar um ponto para trabalhar, atender mais clientes e, assim, trazer mais conforto para todos.

Graças a vocês, isso foi possível! ❤️

Fotos: VOAA

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,758,975SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Richarlison doa 22 camisas da Seleção Brasileira a crianças de zona rural no ES

O jogador Richarlison, atacante da Seleção Brasileira e do Everton, da Inglaterra, presenteou 22 crianças da Escola Fazenda Santa Helena, em São Domingos do...

Este homem zerou a vida nesse anúncio para vender seu apê no DF

Geralmente os anúncios de vendas de apartamento são extremamente sóbrios, com fotos sem muito preparo, e mostrando apenas o básico do local: cômodos, metragem,...

Uma seleção de imagens de animais que querem ser fotógrafos

Muitas vezes vemos fotografias de animais selvagens ou de fotógrafos tirando fotografias de animais selvagens. Mas o que dizer da vida selvagem sendo fotógrafa? Ou...

Menino de 10 anos fala sobre ganância em seu primeiro vídeo no YouTube

O “Lobinho Encapuzado” fala sobre “ser mais” e “ter menos”.

Primeira vereadora com síndrome de Down no Brasil toma posse em Santo Ângelo (RS)

A fisioterapeuta Luana Rolim (PP/RS), 26 anos, tomou posse, na última segunda-feira (15), como suplente na Câmara Municipal de Santo Ângelo (RS). Com a...

Instagram