Cabify abre vagas para imigrantes e refugiados tornarem-se motoristas no México

Iniciativas como a do aplicativo de corridas Cabify dão um pouco de esperança para os cidadãos desses países.

O clima de hostilidade contra imigrantes e refugiados de países muçulmanos nos Estados Unidos cresce absurdamente desde que Donald Trump assumiu a presidência do país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em janeiro, Trump suspendeu a entrada de refugiados e imigrantes de sete países de maioria muçulmana, além de ordenar a construção de um muro na fronteira com o México para frear a entrada de imigrantes sem documentação.

A empresa, que começou suas operações no Brasil em 2016, anunciou que vai abrir oportunidades para imigrantes e refugiados tornarem-se motoristas no México.

A Cabify pretende investir cerca de 1 bilhão de pesos no México só em 2017. “Em tempos difíceis, é muito importante que estejamos engajados com a melhoria do país, por isso, queremos permitir que mais de 200 mil motoristas se cadastrem na plataforma e tornem-se nossos parceiros”, afirma Ricardo Weder, diretor geral da Cabify na América Latina.

Criada em 2011, a empresa começou suas operações na Espanha. Hoje, a Cabify opera em 12 países e mais de 40 cidades na Espanha, México, e nas principais capitais da América Latina. No Brasil, a empresa está presente em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. Para mais informações, clique aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também:

Menino de 10 anos cria dispositivo que impede a morte de bebês esquecidos dentro do carro

Senhor de 69 anos que vive de aluguel já construiu 24 casas para pessoas carentes

Mãe induz parto para que o marido com câncer terminal conheça a filha antes de morrer

Foto: Reprodução/Cabify

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Alexandre Herchcovitch e seu companheiro conseguem adotar seu filho depois de um ano

O estilista Alexandre Herchcovitch e o empresário Fábio Souza começaram a lutar na Justiça pelo sonho de adotar um filho desde que se casaram no civil, em julho de 2013....

Agora vai: dicas para você trocar o celular por uma atividade física

O smartphone virou o melhor amigo do homem: a gente trabalha, se informa e se diverte com ele. Mas seu uso excessivo pode fazer...

Projeto brasileiro cria 180 cartazes para ajudar as pessoas a sairem da fossa

Rumores dizem que leva-se em média 6 meses para curar completamente uma dor de amor. Daí surgiu a motivação para o tumblr 180 cartazes para...

Após 27 anos, jovem retorna ao Sudão para reencontrar avô e levar seu diploma de mestrado

Provavelmente todo mundo já superou aquele obstáculo e já conquistou algo na vida que se orgulha muito. A jovem africana Mal Biel Tutdeal contou a...

Haitiano vende água em semáforo de Cuiabá para juntar dinheiro e trazer família que ficou pra trás

Todos os dias, debaixo de um sol escaldante, o haitiano Roselin Merilus, 26 anos, tem vendido água, suco e água de coco em um...

Instagram

Cabify abre vagas para imigrantes e refugiados tornarem-se motoristas no México 2