Cachorra idosa e paraplégica abandonada em lixão tem final feliz e cheio de amor

O que parecia ser um final triste, se mostrou como uma história cheia de amor e empatia. Em Fortaleza, no Ceará, uma boxer de 15 anos – a Mel, foi abandonada em um lixão, mas a sorte foi que, Alessandra Walckiers a encontrou e divulgou fotos, contando a história, fazendo com que chegasse nos ouvidos da advogada paulista Renata Bueno, que foi até o nordeste resgatá-la.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relacionado: Garoto visita abrigo e adota o cachorro mais velho de todos

Alessandra trabalha na instituição Boxer Rescue Brasil, que desde 2010 vem resgatando cachorros da raça boxer abandonados, lhes oferecendo uma chance de terem um novo lar. Mel necessita de cuidados especiais, pois além de ser idosa, é paraplégica, mas isso não foi impedimento para que Renata conseguisse um carro e passasse 7 dias na estrada, atravessando mais de 6 mil km, para poder resgatá-la: “Muitos podem achar loucura, mas se a Mel durar apenas 1 mês ou até mesmo apenas a viagem, já vai valer a pena, ela vai conhecer o amor verdadeiro”.

Renata, que já tem 4 cachorros idosos em sua casa, não pensou duas vezes quando viu a postagem desesperada de Alessandra nas redes sociais: “Vi o desespero da Alessandra Walckiers, a moça que a divulgou implorando uma solução. Como já tenho quatro idosos em casa, não aguentei saber que ela não tinha um lar e foi colocada na rua. Fiquei muito penalizada e quis mostrar que é amada e vai ser cuidada até o fim”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para conseguir fazer a longa viagem de carro que separava Renata de Mel, ela contou com a ajuda de mais 2 voluntários, Renato Zuzarte e Priscila Bonfante, também de São Paulo, que a ajudaram com o carro e com os custos da viagem. A advogada até já tem planos para quando estiver com Mel: “A rotina é que vai mostrar os cuidados necessários. Como ela é cadeirante, vou providenciar um saco de arrasto para que não tenha atrito ao se locomover”.

Esta é mais uma história que mostra que, nós sempre podemos ajudar quem precisa e que amor, não tem idade. Adotando um cão idoso nós podemos lhe oferecer amor e carinho, nem que seja por pouco tempo. Mas eles merecem ter um final feliz, não é mesmo?

Com informações de R7

Fotos: Renata Bueno

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,823SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal nos EUA dirige por 3 horas para guiar idoso perdido a chegar até a casa do filho

Elton Hood e Tracy Eckhardt, são de New Windsor, Illinois, nos Estados Unidos. Eles estavam em um posto de gasolina em Woodhull, cidade vizinha aonde moram, quando...

Ao invés de joias, como manda a tradição, indiana pede 10 mil árvores de presente de casamento

Metade das mudas foi plantada na propriedade rural onde seus pais vivem, e a outra metade na de seus sogros.

Cachorro late sem parar e motociclista salva recém-nascido abandonado em lixão

A esperteza de alguns animais ainda vai salvar esse mundo! Em Sibonga, nas Filipinas, um doguinho abandonado entrou no caminho de um motociclista e...

Adolescente autista envia mais de 600 cartas de agradecimento para profissionais de saúde britânicos

Um adolescente autista, da Escócia, fez questão de agradecer aos profissionais da saúde britânicos por todo o empenho no combate e recuperação de pacientes...

Cliente reclama da camisa de atendente e restaurante faz uma igual para todos os funcionários

O restaurante The Chowder House recebeu um review negativo no Facebook somente por causa da camisa de um de seus atendentes. E sabe o...

Instagram