Cachorrinha cega e surda fica extasiada ao sentir que seu pai chegou em casa; veja vídeo

Uma cachorrinha que nasceu cega e surda aguçou seus outros sentidos para se adaptar à realidade ao seu redor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Opal nasceu em fevereiro deste ano e com 8 meses de idade foi adotada pelo casal Christina e Brad Bray em um abrigo de cães no estado de Idaho (EUA).

A entidade estava realocando os cachorros com algum tipo de deficiência física para um local mais confortável quando recebeu a visita de Christina. Foi amor à primeira vista!

Cachorrinha cega e surda sente presença do dono

A cachorrinha provavelmente foi abandonada nas ruas quando seu dono percebeu que ela era cega e surda. O que para ele foi considerado ‘um defeito’, para Christina e seu marido, é apenas mais uma característica que torna sua pet ainda mais fofa e simpática.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O casal de Idaho admite que a adoção de Opal trouxe novos desafios, mas seu espírito amoroso e complacente ‘faz tudo valer a pena’.

Na semana passada, Christina compartilhou um no seu perfil do Instagram mostrando o tamanho do amor de Opal pelo seu dono. Embora sem visão e audição, a cachorrinha consegue sentir a presença de seu pai sempre que ele chega em casa, após o trabalho, naquilo que se tornou o melhor momento do dia para ela.

Todos os dias, lá está a pequena, cheia de alegria, esperando seu pai chegar:

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Opal Bray (@opalthedoublemerle) em

“Ela espera no jardim da frente… fica farejando, até sentir o cheiro dele ou do carro”, escreveu Christina. “Não sei como ela consegue perceber a diferença, porque os carros dos vizinhos param e ela não liga pra eles. Mas quando ele chega, Opal o cheira, o pressente e enlouquece. É muito fofo!”

Leia também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Olha só que fofo esses dois juntos!

Cachorrinha cega e surda sente presença do dono

Educação, esporte e arte são fundamentais para a inclusão social de grupos vulneráveis, concorda? Conheça então três projetos que defendem essas causas, escolha a sua favorita, apoie e concorra a um super prêmio de R$ 1 milhão da promoção “Ganhou, Causou”, da Nestlé. Clique aqui e saiba como participar!

Fonte: The Dodo/Fotos: Reprodução/Instagram @opalthedoublemerle

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,839,477SeguidoresSeguir
24,786SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Voluntários voltam a dar aulas de reforço escolar em praças do Rio na terça (19)

Por Rio de Boas Notícias O aviso dado por Silvério Moron, 63 anos, em suas redes sociais, é simples: “gostaria de comunicar a todos os...

Mãe traz bebê de volta à vida depois 2 horas de abraços

Que o toque e o cheiro da mãe são importantes para o bebê não é novidade. Mas podem ser mais poderosos do que você...

Idosas vivem juntas o isolamento com muito vinho e gargalhadas

Três idosas do Reino Unido tiveram uma excelente ideia quando recomendaram que elas se isolassem do mundo para não correrem risco de contrair o...

Série revela tatuagens escondidas das pessoas e derruba preconceitos

Parece que não, mas ainda existe preconceito com pessoas que tem tatuagens no corpo (estamos em 2014, please!), infelizmente ainda existem julgamentos e pré-conceitos...

Designers espalham felicidade por São Paulo

Três professores do Instituto Europeo di Design de São Paulo se juntaram para desenhar a felicidade. Acompanhados por um grupo de alunos, saíram pela cidade buscando...

Instagram

Cachorrinha cega e surda fica extasiada ao sentir que seu pai chegou em casa; veja vídeo 2