Cachorrinha cega e surda fica extasiada ao sentir que seu pai chegou em casa; veja vídeo

Uma cachorrinha que nasceu cega e surda aguçou seus outros sentidos para se adaptar à realidade ao seu redor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Opal nasceu em fevereiro deste ano e com 8 meses de idade foi adotada pelo casal Christina e Brad Bray em um abrigo de cães no estado de Idaho (EUA).

A entidade estava realocando os cachorros com algum tipo de deficiência física para um local mais confortável quando recebeu a visita de Christina. Foi amor à primeira vista!

Cachorrinha cega e surda sente presença do dono

A cachorrinha provavelmente foi abandonada nas ruas quando seu dono percebeu que ela era cega e surda. O que para ele foi considerado ‘um defeito’, para Christina e seu marido, é apenas mais uma característica que torna sua pet ainda mais fofa e simpática.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O casal de Idaho admite que a adoção de Opal trouxe novos desafios, mas seu espírito amoroso e complacente ‘faz tudo valer a pena’.

Na semana passada, Christina compartilhou um no seu perfil do Instagram mostrando o tamanho do amor de Opal pelo seu dono. Embora sem visão e audição, a cachorrinha consegue sentir a presença de seu pai sempre que ele chega em casa, após o trabalho, naquilo que se tornou o melhor momento do dia para ela.

Todos os dias, lá está a pequena, cheia de alegria, esperando seu pai chegar:

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Opal Bray (@opalthedoublemerle) em

“Ela espera no jardim da frente… fica farejando, até sentir o cheiro dele ou do carro”, escreveu Christina. “Não sei como ela consegue perceber a diferença, porque os carros dos vizinhos param e ela não liga pra eles. Mas quando ele chega, Opal o cheira, o pressente e enlouquece. É muito fofo!”

Leia também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Olha só que fofo esses dois juntos!

Cachorrinha cega e surda sente presença do dono

Educação, esporte e arte são fundamentais para a inclusão social de grupos vulneráveis, concorda? Conheça então três projetos que defendem essas causas, escolha a sua favorita, apoie e concorra a um super prêmio de R$ 1 milhão da promoção “Ganhou, Causou”, da Nestlé. Clique aqui e saiba como participar!

Fonte: The Dodo/Fotos: Reprodução/Instagram @opalthedoublemerle

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,286,141SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Parece apenas um macaco de pelúcia, mas esse robô ajuda a diagnosticar depressão e combate a solidão

De Singapura, o Huggler é um robô sob o disfarce de um brinquedo fofinho. O companheiro animal de estimação interativo é capaz de reconhecer...

Estudo mostra o quanto estereótipos atrapalham a vida da mulher e atrasam a equidade de gênero

Enquanto ainda existem pessoas acreditando no famoso “mimimi feminista”, outros vão em busca de dados que comprovam as teorias. Recentemente saiu um estudo que...

Funcionários de supermercado fazem aniversário surpresa para ‘indiozinho’ em SC

Os funcionários do Supermercado Haag, em Canoinhas (SC), fizeram uma festa surpresa de aniversário para um menininho que fica na frente do estabelecimento com...

Vigia de escola entra para a universidade e sonhar em dar aulas

Manoel Castro dos Reis entrou para a universidade com o objetivo de dar aulas na escola em que trabalha como vigia.

Conheça barraquinha de produtos orgânicos sem vendedor em Delfim Moreira (MG)

O Seu Zé Cláudio não vê as pessoas como uma ameaça, mas sim como quem pode praticar a honestidade em pequenos gestos.

Instagram

Cachorrinha cega e surda fica extasiada ao sentir que seu pai chegou em casa; veja vídeo 2