Após 2 anos separados, cachorrinha reencontra tutor doente que foi morar em casa de repouso

Um homem que passou os últimos dois anos em uma casa de repouso separado de sua cachorrinha de estimação, se reencontrou com a melhor amiga de uma vida depois de se mudar para uma nova casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lawrence Knight, 73 anos, foi internado em um asilo de Manchester em 2019 após ser diagnosticado com demência.

Infelizmente, cães não eram permitidos no local, de modo que sua cadela Millie, da raça labrador, teve que ser transferida para um abrigo, ficando longe de seu tutor – e sem poder vê-lo.

cachorrinha reencontra tutor em casa de repouso

Após uma série de audiências no chamado “Tribunal de Proteção”, um juiz decidiu que os dois poderiam se reencontrar e mais: morar juntos em uma nova casa de repouso à beira do lago.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lawrence não queria ficar com Millie no primeiro lar de acolhimento, e garantiu por meio de seus advogados a mudança para uma nova casa – o Lar de Saúde Lakeside, em Manchester, na Inglaterra.

‘De grande importância’

Elizabeth Ridley, advogada do idoso, disse: “Quando Lawrence foi internado no asilo há dois anos, ele ficou extremamente chateado por não poder trazer Millie com ele”.

“Depois que sua esposa faleceu, Lawrence não teve muitos familiares ou amigos para visitá-lo e, portanto, Millie era compreensivelmente de grande importância para ele. Sua única grande amiga restante”, completou.

cachorrinha reencontra tutor em casa de repouso

A pandemia apenas agravou a solidão do britânico, que desejava muito voltar a ver sua cachorrinha. “Enfim, agora ela e Lawrence estão morando bem ao lado de um lago onde ela pode correr o quanto quiser e brincar”, concluiu Elizabeth.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A gerente do lar de idosos Lakeside, Gail Howard, acrescentou: “Millie se tornou parte da família Lakeside desde que veio para cá, trouxe felicidade a todos os residentes da casa.”

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 1º EP da websérie E se fosse no Brasil?

 

View this post on Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar)

Fonte: Irwin Mitchell / Upsocl
Fotos: Irwin Mitchell

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,827,226SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professor universitário larga tudo para trabalhar com bioconstrução

Após anos trabalhando em busca de ascensão social, o jornalista e radialista Edilson Cazeloto, que trabalha agora com bioconstrução, chegou ao topo da carreira...

Jovens piauienses criam app adaptado para daltônicos e são finalistas em prêmio da UNICEF e Samsung

Um grupo de alunos do Instituto Federal do Piauí é finalista da Maratona UNICEF Samsung 2020, com um projeto muito bacana! Eles criaram o "Cientistas...

Alunos constroem ecobarreira para filtrar lixo próximo da escola em Recife (PE)

A partir de um projeto premiado na Feira de Conhecimentos do Recife no ano passado, estudantes da Escola Municipal Professor Antônio de Brito Alves, no...

Católicos, evangélicos e espíritas se unem em terreiro para ajudar famílias necessitadas

"O objetivo aqui é só a ajuda ao próximo", elogia Rosemere Mathias, 48 anos, da igreja Assembléia de Deus Nova Filadélfia.

Pai faz corte de cabelo imitando a cicatriz da cirurgia do filho

O garoto Gustavo retirou um tumor no cérebro. Com vergonha da cicatriz deixada, o pai dele fez um corte de cabelo imitando a cicatriz.

Instagram