Cachorrinho de rua é adotado por casal de comerciantes e vira ‘funcionário do mês’ em SP

Faz quase 4 anos que o comércio de Kelly e Alexandre mudou completamente – e para melhor. Tudo graças à adoção de Negão, um cachorro preto com manchas brancas e, nas palavras dos seus tutores, ‘um coração gigante’.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Era apenas mais uma tarde de trabalho no centro de Sorocaba, no interior paulista, onde fica o comércio do casal. A loja havia acabado de abrir quando um visitante inesperado entrou sem avisar e não perdeu tempo em tirar um cochilo embaixo do balcão.

“De repente, me avisaram que tinha um cachorro dentro da loja. Atrás do balcão, encontrei um cachorrinho assustado, arisco, magro e muito triste. Na hora, não sabíamos o que fazer. Pensamos que ele estava perdido”, contou Alexandre Raszl Peres.

cachorrinho adotado vira funcionario do mês

Alexandre e sua esposa postaram uma série de fotos nas redes sociais, contando a história do cachorrinho na esperança que alguém estivesse procurando por ele. Infelizmente, ninguém apareceu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Jamais jogaria na rua, jamais. Montei uma caminha, com água e comida dentro da loja. Também fomos até um veterinário e fizemos exames para ter certeza de que ele estava bem”, contou o comerciante.

cachorrinho adotado vira funcionario do mês

Cachorro escolheu a família

Nos dias seguintes, Negão passou por diversos exames e um check-up geral no veterinário, que não constatou qualquer doença ou problema de saúde. Logo, estava à procura de uma nova família.

Alexandre conta que decidiu fazer um post nas redes sociais para encontrar um tutor.

“Nós tínhamos dois cachorros em casa na época, então não dava para levar mais um. Postamos nas redes sociais, mas ninguém se interessou. Por meses, não houve nenhum contato. E nisso, o Negão foi ficando na loja e nossos corações começaram a se apaixonar por ele“, conta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os dias de espera viraram semanas – que viraram meses. E assim, a procura por outra família foi ‘cancelada’: Negão foi adotado por Alexandre e Kelly e se tornou o mais novo ‘funcionário’ da loja, e xodó dos clientes que passam por ali.

Ele nos escolheu no dia em que entrou embaixo daquele balcão. Desde então, nossos dias são cheios de amor, alegria e afeto. Ele cativa a todos, é amoroso, quer recepcionar os clientes, é a atração da loja”, afirma Alexandre.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Funcionário do mês

O cachorrinho se tornou tão querido que ganhou o título carinhoso de ‘funcionário do mês’ do comércio da família. Ah, e com direito a quadro na parede!

Mais: também virou garoto propaganda nas redes sociais da loja, posando ao lado dos produtos.

De início, o cão dormia em um espaço criado especialmente para ele. No entanto, algum tempo depois, Alexandre e Kelly arrumaram um jeito de levá-lo para a casa da família. Mas isso não fez com que ele abandonasse seus “turnos” na empresa.

“Ele sabe a hora de ir trabalhar e sabe a hora de voltar. É quase como se fosse um funcionário mesmo. Ele late, chama a gente, é demais. Em casa, nossos filhos quase brigam para ver quem vai dormir com o Negão”, conta.

Fonte: Amo Meu Pet
Fotos: Arquivo Pessoal / Alexandre Raszl Peres

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,977,926SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Rede de placas solares leva energia para 80 mil pessoas em Serra Leoa pela 1ª vez em 60 anos

Dezenas de aldeias e pequenas comunidades de Serra Leoa, um pequeno país na África Ocidental, estão sendo beneficiadas por um projeto social que leva...

Funcionário de mercearia é ajudado por jovem autista que ficou encantado pelo seu trabalho

O funcionário de uma mercearia aceitou a ajuda de um adolescente autista para reabastecer as prateleiras de suco de laranja.

Mesmo depois de ficar cega, ela superou limites e tornou-se professora

Ela poderia ser mais uma a reclamar da vida, mas não é! Cega aos treze anos, Ethel não se abateu e continuou em busca dos...

Aplicativo permite que você mande e receba boas vibrações

O mundo precisa de boas vibrações e cada um de nós pode fazer sua parte. Com isso em mente, o aplicativo Coletivo Vibe surgiu...

Mulher trans faz discurso de arrepiar ao ganhar prêmio de melhor vendedora; veja vídeo

Em um emocionante vídeo, Sid Oliveira, 29 anos, mulher trans, celebra a sua conquista ao ser reconhecida como a melhor vendedora da marca Honda...

Instagram