Cachorro passa 2 dias acompanhando cadela que estava ferida em linha de trem

Impressionante como ainda existem pessoas que acreditam que os animais não sentem e não amam. Essa história prova justamente o contrário! O que aconteceu foi o seguinte: a cadela Lucy, ficou parada por dois dias seguidos em uma linha de comboio na Ucrânia, sem conseguir se mexer, porque estava ferida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas ela estava acompanhada de seu melhor amigo, o cão chamado Panda. Ele, se manteve ao seu lado mesmo nas horas mais difíceis, a defendendo de possíveis predadores e do próprio trem que passava de tempos em tempos.

Assim, depois de dois longos perigosos dias, um homem foi avisado da situação e depois de investigar o que se passava, resolveu filmar a cena. Denis, conseguiu filmar o exato momento em que passava um trem e mesmo assim Panda se manteve ao lado de Lucy! Muito amor, não é mesmo?

Logo depois eles foram resgatados e seguiram para um veterinário, juntos, é claro!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Com informações de HiperFM

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,913,523SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mulher trans adota bebê que foi abandonado depois que recebeu sangue dela

Os pais abandonaram a criança com medo de que ela se tornasse "um deles".

Estudante mineira que criou garrafa capaz de tornar qualquer água potável é finalista em torneio mundial

A estudante mineira Bárbara Paiva inventou um dispositivo que pode causar uma verdadeira revolução ambiental, além de transformar a realidade de incontáveis famílias com...

Sempre cabe mais um: família já adotou 5 e hospedou outras 22 crianças que esperavam por adoção

Laura Imma Nonzioli sempre teve o sonho de ser mãe biológica e de adotar. A brasileira vive há mais de 20 anos nos Estados...

Parisiense lança versão do “Uber” para quem tem problemas de mobilidade

O Wheeliz funciona como um "Uber" para quem tem problemas de mobilidade. A ideia foi da cadeirante parisiense Charlotte de Vilmorin, que tinha dificuldades...

Nessa aldeia todos falam língua de sinais para que pessoas surdas não sejam excluídas

Na remota aldeia de Bengkala, em Bali, cada um dos 3 mil habitantes consegue se comunicar fluentemente em kata kolok, uma língua de sinais,...

Instagram

Cachorro passa 2 dias acompanhando cadela que estava ferida em linha de trem 2