Este cachorro que acabou de ser adotado é a imagem mais linda e feliz do dia

Esta imagem resume muito bem o que é para um cão ganhar uma família depois de viver em um abrigo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Resgatado na semana passada e publicado no Facebook, esta imagem mostra Coso, 7 anos, momentos depois de ser adotado.

Sim, essa é sua nova família. E essas são as patas do Coso no ar. Finalmente livre.

Ela tinha sido abandonado em um abrigo em Melbourne, Austrália, após sua família decidir que não poderiam cuidar dela mais. Mas no fim de semana, Lort Animal Hospital Smith, a resgatou de lá.

Apenas alguns dias depois, ela estava a caminho de sua casa para sempre.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas não antes de posar para esta foto épica.

 

12512255_10153324580476759_5637819590366269418_n

Fonte: The Dodo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,769,066SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

‘Vovô da UTI’ dá carinho a bebês prematuros e conquista a internet

O 'Vovô da UTI' faz esse trabalho voluntário há 12 anos.

Brasileiros repatriados da Ásia cantam ‘Evidências’ em voo e vídeo viraliza

Pela 1ª vez em 72 anos de operações, a companhia aérea Garuda Indonesia operou um voo para o Brasil. O motivo? Repatriar brasileiros retidos...

Seu Roberto, idoso ‘adotado’ por vizinhas, recebe segunda dose da vacina contra a Covid-19

Você se lembra do fofo seu Roberto, 79 anos, lá de São Paulo (SP)? Ele vivia sozinho em condições precárias e foi 'adotado' por...

Mãe recebe carta emocionante e deixa filho autista ir a sua primeira festa de aniversário

Tricia Rhynold costumava recusar todos os convites que seu filho de sete anos, Timothy, recebia de seus colegas de escola. A razão? Ele sofre de autismo...

Índia substitui lombadas por pinturas em 3D nas estradas para diminuir acidentes

A escolha foi bem inteligente, pois a ilusão de ótica que elas provocam chama muito mais atenção dos condutores que os tradicionais “quebra-molas” ou “lombadas”.

Instagram