Cachorro passa mais de 24 horas ao lado de ‘amigo’ atropelado esperando socorro

O melhor amigo do homem pode ser também o mais fiel escudeiro pra própria espécie. Calma que eu explico! Em Igatu (CE), um cachorro foi atropelado e outro cão não saiu do seu lado, aguardando na avenida até que o socorro chegasse.
O cãozinho esperou mais de 24 horas junto ao amigo, que estava ferido e debilitado. Várias pessoas fizeram vídeos e publicaram nas redes sociais e as imagens comoventes do cão fazendo campana ao lado do outro vira-lata chegaram à enfermeira Marina Assunção.

“Nós não conseguimos ir até o local na tarde do domingo, porque estávamos sem veterinário disponível, mas na segunda-feira pela manhã recebemos notícias que ambos estavam no mesmo lugar. Fui até lá com minha amiga veterinária e o levamos para uma clínica”, relatou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dois cachorros deitados na rua
Foto: reprodução

O primeiro contato não foi tão fácil. Tentando proteger o amigo ferido, o “cão de guarda” ficou agressivo com a aproximação da equipe. Mas os profissionais conseguiram conquistar a confiança do cachorro e fazer o atendimento. “Ele ficou o tempo todo perto do cão ferido, lambia, passava as patas sobre ele como se estivesse tentando reanimá-lo”, disse Marina.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Jacqueline Gouveia (@jacqueline.f.gouveia)

O cão amigo ficou durante todo o atendimento e ainda acompanhou o bichinho ferido até a clínica veterinária. “Quando colocamos o cachorrinho machucado dentro do carro, o outro já foi pulando no banco e assim ficou acompanhando até a hora do atendimento na clínica”, contou a enfermeira.

O cachorro foi medicado, recebeu água e alimentação e está se recuperando muito bem. A ONG Adota Iguatu está fazendo uma campanha nas redes sociais para tentar arrecadar recursos e continuar o tratamento do animal, que será disponibilizado para adoção.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by ONG ADOTA IGUATU (@ongadotaiguatu)

Boatos contam que eles são irmãos, já que a cara de um é o focinho do outro! Rs 🐶🐶

“Não temos certeza se são irmãos. Devem ter a mesma idade, entre nove meses a um ano, mas chamou a atenção a união e o companheirismo demonstrados pelo outro cão para com o ferido durante todo o tempo desde a hora do acidente e a chegada na clínica e agora no lar temporário”, afirmou Marina.

Dois cachorros deitados na rua
Os dois são muito parecidos. Foto: reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: IstoÉ

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,413,626SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

SP transforma vagas de estacionamento em jardins para minimizar alagamentos e poluição nas vias públicas

A Subprefeitura Sé, em São Paulo, acabou de transformar duas vagas de estacionamento de carros em espaços verdes, com jardins, bancos, mesas e paraciclo...

Jogador de 21 anos paga hipoteca da casa dos pais com primeiro salário

Nada como os filhos que fazem questão de demonstrar sua gratidão para com seus pais, não é mesmo? Afinal, eles fazem tanto por nós,...

Ex-goleiro Marcos vai assumir o salário mínimo de pessoas desempregadas por conta do Covid-19

Ídolo do Palmeiras e pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira, o ex-goleiro Marcos já entendeu que muitas pessoas irão perder seus empregos na pandemia...

Um sem-teto que ganha a vida vendendo livros usados e se recusa a pedir esmola

Mostramos recentemente aqui no RPA a história do ex-catador de lixo que tornou-se médico com a ajuda de livros encontrados nas lixeiras que, relembre...

Instagram