Cachorro passa mais de 24 horas ao lado de ‘amigo’ atropelado esperando socorro

0
1894
Dois cachorros deitados na rua
O melhor amigo do homem pode ser também o mais fiel escudeiro pra própria espécie. Calma que eu explico! Em Igatu (CE), um cachorro foi atropelado e outro cão não saiu do seu lado, aguardando na avenida até que o socorro chegasse.
O cãozinho esperou mais de 24 horas junto ao amigo, que estava ferido e debilitado. Várias pessoas fizeram vídeos e publicaram nas redes sociais e as imagens comoventes do cão fazendo campana ao lado do outro vira-lata chegaram à enfermeira Marina Assunção.

“Nós não conseguimos ir até o local na tarde do domingo, porque estávamos sem veterinário disponível, mas na segunda-feira pela manhã recebemos notícias que ambos estavam no mesmo lugar. Fui até lá com minha amiga veterinária e o levamos para uma clínica”, relatou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dois cachorros deitados na rua
Foto: reprodução

O primeiro contato não foi tão fácil. Tentando proteger o amigo ferido, o “cão de guarda” ficou agressivo com a aproximação da equipe. Mas os profissionais conseguiram conquistar a confiança do cachorro e fazer o atendimento. “Ele ficou o tempo todo perto do cão ferido, lambia, passava as patas sobre ele como se estivesse tentando reanimá-lo”, disse Marina.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Jacqueline Gouveia (@jacqueline.f.gouveia)

O cão amigo ficou durante todo o atendimento e ainda acompanhou o bichinho ferido até a clínica veterinária. “Quando colocamos o cachorrinho machucado dentro do carro, o outro já foi pulando no banco e assim ficou acompanhando até a hora do atendimento na clínica”, contou a enfermeira.

O cachorro foi medicado, recebeu água e alimentação e está se recuperando muito bem. A ONG Adota Iguatu está fazendo uma campanha nas redes sociais para tentar arrecadar recursos e continuar o tratamento do animal, que será disponibilizado para adoção.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by ONG ADOTA IGUATU (@ongadotaiguatu)

Boatos contam que eles são irmãos, já que a cara de um é o focinho do outro! Rs 🐶🐶

“Não temos certeza se são irmãos. Devem ter a mesma idade, entre nove meses a um ano, mas chamou a atenção a união e o companheirismo demonstrados pelo outro cão para com o ferido durante todo o tempo desde a hora do acidente e a chegada na clínica e agora no lar temporário”, afirmou Marina.

Dois cachorros deitados na rua
Os dois são muito parecidos. Foto: reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: IstoÉ

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.