Dupla de cachorros ‘invade’ ambulância do Samu para acompanhar tutor doente em Bauru (SP)

A fidelidade dos nossos animais de estimação não tem limites!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nesta semana, um socorro de rotina de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em Bauru (SP), acabou virando notícia a nível nacional.

Dentro da ambulância, o catador de recicláveis José Antônio Pereira, 47 anos, precisou receber os primeiros socorros às pressas após apresentar convulsões. Depois, foi encaminhado a uma unidade de saúde ao lado de seus dois cachorros de estimação, que se recusaram a sair do veículo.

dupla cachorro invade ambulância samu acompanhar tutor

As duas socorristas do Samu que participaram do atendimento “permitiram” que os doguinhos acompanhassem seu tutor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A enfermeira-chefe Patrícia Iolanda Antunes conta que o resgate aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (1º) no bairro Jardim Ivone.

Ao chegar ao local, a motorista Josyane Plana e a técnica de enfermagem Maria de Lourdes Pereira encontraram o catador de recicláveis caído no chão, confuso e convulsionando. Elas tentaram se aproximar dele, mas os cães não permitiram.

Foi aí que surgiu a ideia de descobrir o nome dos cães (Bob e Chiara), para que eles se acalmassem e possibilitassem o atendimento. Depois, ao colocarem o paciente na viatura, os dois cães entraram e ficaram ao lado do dono.

“As socorristas me chamaram no nosso grupo interno, mandaram a foto dos cães dentro da viatura, e disseram que, ‘se alguém reclamasse’, elas não tiveram outra alternativa a não ser transportar os animais junto ao paciente. Elas justificaram ainda que, se não fosse assim, os cães poderiam correr atrás da ambulância e serem atropelados”, explicou a enfermeira-chefe do Samu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em seguida, a equipe ligou para o médico-regulador do serviço para justificar a decisão, uma vez que os animais não abandonariam o homem de jeito algum. O médico aprovou a decisão e todos seguiram viagem.

“Saga de Fidelidade”

Impedidos de entrar na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), os cachorrinhos ficaram na recepção do local esperando notícias de seu tutor.

Seu José teve que passar a noite em observação. Assim, Bob e Chiara deitaram-se na porta da sala de emergência da UPA e passaram a madrugada à espera dele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na última terça (2), de manhãzinha bem cedo, o coletor recebeu alta, pôde reencontrar seus amigos fiéis e voltar para casa.

“Trabalhamos no limite entre a vida a e morte, temos de ser técnicos, mas não podemos deixar de sermos humanos. Acredito que o fato de termos duas mulheres nessa equipe foi fundamental nesse episódio que reforça o processo de humanização que a gente busca. Nós mulheres somos mais sensíveis”, disse Patrícia.

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 8º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: Catraca Livre
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,972,916SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

24 cães e seus melhores amigos bebês

A partir de uma seleção feita pelo BuzzFeed, tomamos a liberdade de reunir imagens de crianças com seus amigos cães, ou vice-versa. O resultado?...

Ajudado pela VOAA, menino que pintava quadros para pagar tratamento morre de Covid

Vocês lembram do pequeno Daniel Neves, 13 anos, lá de Salvador (BA)? Ele foi um anjinho baiano que ficou conhecido após ser ajudado por...

Violinista que perdeu braço em acidente emociona jurados de programa [VÍDEO]

A jovem japonesa Manani Ito toca violino desde criança, mas um trágico acidente em 2004 quase encerrou sua carreira musical antes mesmo dela começar. A...

Cachorro trabalha nos Correios com uma função muito importante: lambedor oficial de selos!

Enquanto os cães possuem a fama de não gostar de carteiros, este filhote virou uma celebridade ao começar a trabalhar em uma unidade dos...

Ele tem apenas 18 anos e já é percussionista da Timbalada

Idade? Para Jadson, isso é apenas um número. O garoto arrasa na percussão da Timbalada!

Instagram