Cada página desse livro é um filtro de água que elimina 99,9% de bactérias mortais

3,4 milhões de pessoas morrem a cada ano devido a doenças relacionadas com a água, 99% das quais ocorrem em países em desenvolvimento. Para colocar as coisas mais em perspectiva, a falta de acesso à água potável e ao saneamento mata crianças a uma taxa equivalente de um jato jumbo caindo a cada quatro horas. Não há nada que mais corte o coração do que ver uma criança completar sua lista de desejos aos quatro, porque há uma chance de 25% que ele não vai sobreviver para chegar aos cinco anos de idade (já postamos aqui).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Surpreendentemente, até mesmo um problema maior do que a falta de acesso à água potável é o fato de que a maioria das pessoas afetadas, nem sequer sabem que a água é segura para beber. A solução, portanto, não deve apenas fornecer água potável, mas também educar sobre o que torna a água segura ou insegura.

O Drinkable Book  (“Livro Potável” em português) é uma solução incrivelmente criativa para esses dois problemas. É um resultado da colaboração entre cientistas da Carnegie Mellon e University of Virginia, a WATERisLIFE e a agência de publicidade DDB North America.

O livro é um belo manual que fornece informações sobre contaminantes da água e ensina hábitos para consumo de água potável. Cada página, originalmente desenvolvida pelo química Theresa Dankovich, é de cerca de um milímetro de espessura e contém nanopartículas de prata que matam 99,9% das bactérias presentes na água que podem causar doenças como cólera e febre tifóide. A cobertura 3D impressa do livro funciona como um recipiente para a purificação da água. Um filtro feito com meia página do livro pode purificar a água para mais de um mês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

62944e6cefe37a69ec4e81261ce7788a97a04b98156e93e835529c724169ed4445d7c249e1527f02f2ab6749cfee184c35dda46c449f68e90737237dd10a221dd4db2a32824a68dc99ec2c52aafc1c5f

Captura de tela 2014-09-25 às 09.25.35 Captura de tela 2014-09-25 às 09.26.14

O papel de filtro revolucionário custa apenas alguns centavos para produzir e poderiam provocar ainda mais a inovação em filtragem de água. Com ajuda de financiamento coletivo, Theresa conseguiu produzir 1000 exemplares do livro potável e está atualmente os testando em Gana, Haiti, Quênia e Índia, com a esperança de ir logo para produção em maior escala.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,855,215SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai amoroso faz com que sua filha gótica se sinta em casa num comovente comercial

Este vídeo é um comercial viral da Hornbach, uma loja alemã de móveis e equipamentos para casa com o conceito DYI (Do It Yourself ),...

Filha viaja do DF ao RJ para rever a mãe após 3 anos separadas: ‘Pensa num abraço gostoso’

Três anos atrás, a Raquel Alves decidiu se mudar, indo morar em outro estado. Como consequência, ficou longe da mãe que tanto ama. Silencioso e...

Um carioca, uma acreana e um cearense ensinam o jeito “certo” de chamar a mesma coisa

É Fruta do Conde ou Pinha? Arco de Cabelo ou Tiara? Peteca ou Bolinha de Gude? Feijão Marrom ou Feijão Carioquinha? Num país tão diverso...

Alunos constroem cadeira de rodas para que marido de professora possa levar bebê para passear

Um grupo de alunos de uma escola de ensino médio em Bullis, Maryland (EUA), ganhou dois prêmios de reconhecimento internacional após desenvolverem uma cadeira...

Instagram