Após ter cadeira de rodas furtada, estudante de jornalismo ganha 3 e doará 2

José Silva, 54 anos, teve sua cadeira de rodas furtada no início do mês passado, em Juazeiro do Norte (CE).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele emprestou a cadeira de rodas para um senhor que também é deficiente físico e precisava ir ao cartório tirar um documento. Pelo menos foi o que disse que faria para José e que logo depois devolveria sua cadeira de rodas.

Não devolveu. José nunca mais teve notícias suas.

“Eu conheci esse rapaz na rua. Encontrei com ele algumas vezes e a gente sempre conversava. Ele tem paralisia infantil e me pediu a cadeira de rodas emprestada porque usa um andador. Disse que pegaria a cadeira de rodas às 6h e que me devolvia às 10h do mesmo dia. Eu confiei por ele ser uma pessoa cadeirante e de idade”, lembra José, que faz faculdade de jornalismo na Universidade Federal do Cariri (UFAC).

homem sentado cadeira de rodas estúdio rádio
José não se arrepende de ter emprestado sua cadeira de rodas. Foto Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ele não apareceu mais. Não atende telefone. Eu ainda andei pelo bairro procurando. Mas como o bairro é muito grande, eu não consegui encontrá-lo. A informação que eu tive dele era muito vaga.”

José teria motivo pra se arrepender de ter emprestado sua cadeira de rodas? Até que sim, e seria compreensível, cá entre nós. Mas não é o que ele pensa.

“Em nenhum momento eu me arrependi”, afirma José.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por voaa – a vaquinha do razões (@voaa_vaquinhadorazoes) em

Renan precisa da nossa ajuda para fazer a cirurgia de reconstrução do tórax e voltar a ter uma vida normal. Clique aqui e contribua.

Solidariedade multiplicada

José ficou cadeirante após um acidente de trabalho, onde perdeu parte do braço direito e da perna direita. Ele estava tendo que se virar como podia para fazer tarefas simples dentro de casa.

Desempregado, José fazia alguns bicos consertando eletrodomésticos. Porém, o trabalho parou, já que ele dependia da cadeira para chegar até os clientes. 😔

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Felizmente, muita gente apareceu disposta a ajudá-lo após a repercussão da história do furto. Algumas pessoas doaram comida, dinheiro e não só uma, mas três cadeiras de rodas para José. Ele vai ficar com uma e doar as outras duas.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Commonike Assessoria (@nikefeitosa) em

“Duas pessoas já entraram em contato comigo. Pra uma eu já decidi que vou doar. Ela é nova, ainda está no plástico. A outra eu vou ver a situação da pessoa que está necessitando. Preciso conhecer as pessoas pra quem eu vou doar e também pra tirar fotos com elas e mostrar às pessoas que me doaram que eu também fiz a mesma coisa.”

Renan precisa da nossa ajuda para fazer a cirurgia de reconstrução do tórax e voltar a ter uma vida normal. Clique aqui e contribua.

Cadeira de rodas motorizada

A cadeira de rodas que José ganhou vai ajudar, e muito, nos seus afazeres domésticos. Ele estava usando um banquinho de plástico como apoio, e com enormes dificuldades, você deve imaginar.

Mas, para resolver coisas na rua ou mesmo para ir à faculdade com um pouco mais de conforto, ele precisa de uma cadeira de rodas motorizada.

José criou uma vaquinha online para levantar o recurso necessário para a compra da cadeira. Se você pode doar, clique aqui.

Quem ainda puder ajudar de outras formas, com dinheiro ou alimentos, pode falar com o José pelo número (88) 98802-0087.

selo conteúdo original

Foto de capa: Reprodução/Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,769,066SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto de 12 anos distribui milhares de almoços gratuitos a desabrigados

Liam Hannon pode ter apenas 12 anos, mas já está fazendo uma grande diferença em Massachusetts, na costa leste norte-americana. Liam é o fundador e...

Jovem com autismo supera limitações e torna-se inspetor de escola em Santos (SP)

Exemplo de superação, Carlos Alberto Jorge Junior, 20 anos, é inspetor de alunos na escola onde foi alfabetizado, em Santos (SP).

Todo mundo beija todo mundo no novo clipe do cantor Silva

Conheci o cantor Silva há pouco tempo, e cada vez que escuto eu curto mais o som e a postura dele enquanto artista que vem...

Hospital Estadual da Criança realiza desejos de pacientes no Rio de Janeiro

Dezenas de crianças internadas no HEC - Hospital Estadual da Criança, no bairro Vila Valqueire, zona oeste do Rio, enfrentam longos períodos de internação...

Conheça Chloe Dorsey, heroína que abriu grade de ferro para salvar cervo [VÍDEO]

“Eu não tinha força suficiente para dobrar [a grade] para ser libertá-lo. Olhei em volta para ver se havia alguém para ajudar, mas não havia”, declarou a super-heroína.

Instagram