Cadeira distribuída gratuitamente melhora a postura de crianças com deficiência

Uma cadeira especialmente desenvolvida para crianças com deficiência criada pelo Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar (CIAM), em São Paulo, é nova ferramenta à disposição de pais e cuidadores que corrige a postura, melhora o sistema pulmonar, aumenta a sensibilidade à estímulos auditivos e visuais, aprimora o controle de tronco, cervical e de membros superiores de crianças.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Interessante notar que o equipamento é feito de papelão e tem baixíssimo custo de produção. O CIAM produziu e doou diversas cadeiras para creches, ambientes educacionais e famílias de crianças necessitadas.

“Crianças com comprometimento motor e neurológico, associados ou não a deficiências, têm direito ao
fornecimento de cadeira de rodas com tecnologia de ponta por meio do setor público. Essa demanda e
grande. O tempo entre avaliação e entrega, em algumas regiões do País, pode chegar a cinco anos, período suficiente para surgir deformidade músculo-esquelética irreversível que, se não tratada, pode matar”, diz o técnico João Marcelo Paixão Turri, ligado ao Centro Israelita.

Cadeira distribuída gratuitamente melhora a postura de crianças com deficiência
Foto: Reprodução / Criança Especial

Leia tambémAção presenteia crianças com deficiência com andadores de PVC para poderem entrar no mar

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Centro desenvolveu por meio de seu Laboratório de Tecnologia Assistiva de Baixo Custo a chamada Cadeira Firmeza, que é feita de espuma e papelão, e desenhada a partir da digitalização do biotipo, quadro motor e neurológico de crianças de zero a quatro anos.

Segundo a instituição, o uso regular da cadeira corrige a postura e beneficia a longo prazo o desenvolvimento físico das crianças dessa faixa etária. Indiretamente, auxilia na inclusão delas na família e na comunidade.

Referência nos Estados Unidos, o dispositivo foi difundido na América do Sul pela terapeuta ocupacional Ayola Cuesta Palacios, com o objetivo de auxiliar indivíduos com deficiências motoras e afins.

Cadeira distribuída gratuitamente melhora a postura de crianças com deficiência
Foto: Reprodução / Criança Especial

Leia tambémPetrópolis ganha primeira academia adaptada para pessoas com deficiência

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cada cadeira custa apenas R$ 40 para ser produzida, e leva cerca de 15 dias para ser totalmente fabricada. Segundo o Centro Israelita, 320 cadeiras especiais já foram produzidas.

De modo a ser apta para a gratuidade do equipamento, a família interessada precisar receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou ter renda conjunta de até R$ 3000,00 mensais.

Para agendar o pedido, basta entrar em contato no telefone (11) 3760-0068.

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Criança Especial

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,993,160SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem com Síndrome de Down se forma em Educação Física no RS

Ela é a primeira estudante com síndrome de Down a concluir o curso de Educação Física na PUCRS.

Cachorro negligenciado a vida toda abraça seu novo tutor ao descobrir que foi adotado

Mudar de nome pode ser uma decisão difícil, vinda para trazer um novo significado à família, como uma promessa para dias melhores. Para o cachorro...

Menina aniversariante leva pedaço de bolo para seu amigo sem-teto

Logo após sua festinha de aniversário, a pequena Sther Luize fez questão de levar um pedaço de bolo para um morador em situação de...

Garoto autista começa a conversar após fazer terapia com cães

Com a ajuda da cinoterapia, a terapia realizada com o auxílio de cães, promovida pelo Projeto Bicho Terapeutas, o menino Raylon Lomeu, 8 anos, começou...

Depois de 3 anos curadas do câncer, meninas recriam foto que viralizou

A responsável por esse lindo reencontro e grande inspiração é a fotógrafa americana Lora Scantling. Em 2014, ela fotografou as meninas Rylie, Rheann e Ainsley quando...

Instagram