Casal paranaense cria oficina que reforma e doa cadeiras de rodas a pessoas carentes

A cuidadora de idosos Larissa Schwingel e seu marido, o metalúrgico Ezequiel Matos da Silva, criaram uma oficina que conserta e doa cadeiras de rodas a pessoas carentes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O trabalho é feito no quintal de casa, no distrito de Entre Rios, em Guarapuava (PR).

Tudo começou quando Larissa doou duas cadeiras de rodas utilizadas pelo pai dela. Após a ação, o casal começou a reformar cadeiras danificadas e enferrujadas. Os pedidos começaram a surgir espontaneamente.

“A gente foi reciclando nos ferros-velhos, sucata de cadeira e foi fluindo. Hoje, a gente uma quantidade de cadeiras e dependemos de doações para arrumar elas”, explicou o metalúrgico.

casal abre oficina doa cadeiras de rodas pessoas carentes

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cadeiras de rodas para quem precisa

O casal faz o trabalho voluntário em momentos que estão de folga. Em dois anos de trabalho, Larissa e Ezequiel reformaram cerca de 20 cadeiras, que foram destinadas para pessoas da região de Guarapuava e, até mesmo, de outros estados.

A dona de casa Reni Terezinha Pacheco recebeu duas cadeiras para os filhos gêmeos – João e Maria – há cerca de um mês. Os jovens de 15 anos têm paralisia cerebral.

Leia também:

Antes da doação, dona Reni precisava carregá-los no colo para onde quer que precisassem ir. “Eu colocava no sofá, do sofá para o colo. Não podiam nem sentar. Imagina você comer deitado, igual eles comiam. Agora, ficam sentadinhos. Melhorou o mundo para eles”, conta.

casal abre oficina doa cadeiras de rodas pessoas carentes

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Só tenho a agradecer”

A dona de casa conta que o semblante dos filhos mudou: Maria, por exemplo, ‘nunca sorriu tanto’.

“A mulher veio aqui [Larissa], mas ela não disse o nome dela. É um anjo da guarda. Não tenho palavras para agradecer. Só Deus mesmo para ajudar eles”, disse dona Reni.

casal abre oficina doa cadeiras de rodas pessoas carentes

Larissa e Ezequiel se sentem recompensados pelo trabalho. Eles acreditam que conseguiram formar uma corrente do bem na cidade. “É mágico, não tem como explicar a sensação que é. Você tem que fazer para sentir. Ver crianças precisando, e poder ajudar é muito bom”, disse Larissa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aberto a doações

O trabalho voluntário do casal de Guarapuava precisa de doações. Eles costumam receber peças e cadeiras de amigos e colegas.

Quando recebem uma cadeira de rodas, eles fazem a desmontagem, para saber o que pode ser aproveitado e o que pode ser descartado. Após, é feita uma limpeza completa das peças, reforma e montagem. Concluída, a cadeira é destinada para quem precisa.

casal abre oficina doa cadeiras de rodas pessoas carentes

Algumas peças importantes para a reforma do veículo custam caro. Ezequiel conta que uma peça que poderia ser importada por menos de R$ 5, comprada em lote, custa R$ 75 no Brasil.

“Nossa dificuldade é essa. A gente não tem como fazer um estoque de peças, senão seria muito mais rápido para a gente atender”, explica.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: G1/Fotos: Divonei Ravanello/RPC Guarapuava

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,324FãsCurtir
1,905,487SeguidoresSeguir
9,289SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

ONG cria pias portáteis para moradores de rua lavarem as mãos

Um dos grupos mais afetados pela pandemia de coronavírus é o dos sem-teto. E não é para menos! Sem acesso a medidas básicas de saúde,...

Instagram