Cadela deixada para trás durante tempestade é acolhida por quartel de bombeiros

0
623

Ashley, uma cadela da raça pit bull, não teve uma vida fácil. Seus tutores anteriores mal a alimentavam, raramente a levavam para fora de casa e, durante uma tempestade de neve que atingiu a cidade onde viviam, simplesmente a abandonaram na rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com sorte, a cofundadora do abrigo “No More Pain Rescue”, Erica Mahnken, e seu noivo, Michael Favor, encontraram a cachorrinha em janeiro de 2017.

“Recebemos um telefonema de alguém informando que havia um casal morando em uma casa abandonada”, disse Erica em entrevista ao portal The Dodo. “Eles não tinham aquecimento ou eletricidade e tinham um cachorro lá.”

Cadela deixada para trás durante tempestade é acolhida por quartel de bombeiros 2

Quando uma tempestade de neve caiu, eles deixaram Ashley sozinha para se defender.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Acho que eles foram procurar um lugar quente para ficar e deixaram a cadela para trás. Então, assim que recebemos o telefonema, corremos e a pegamos”, disse a cuidadora.

O casal de voluntários dirigiu até o local para resgatar Ashley. Quando eles chegaram, Favor pediu a Mahnken que ficasse no carro enquanto ele entrava na casa para encontrar o cachorro.

Cadela deixada para trás durante tempestade é acolhida por quartel de bombeiros 3

Mais tarde, ele contou a Mahnken sobre como eram ruins as condições dentro da casa. Favor disse que não havia eletricidade e estava congelando. Os donos de Ashley nem deixaram comida ou água para ela.

A casa inteira estava um desastre, com janelas quebradas e fezes por toda parte. Em outras palavras, não era um lugar para se viver.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar de suas más condições de vida, Ashley estava relativamente ilesa. Quando Favor finalmente a levou para fora da casa abandonada, a cadela não conseguiu esconder sua empolgação.

Cadela deixada para trás durante tempestade é acolhida por quartel de bombeiros 4

“Ela veio correndo, super feliz”, lembrou Mahnken. “Ela pulou direto no meu carro.”

Os donos de Ashley a negligenciaram e isso se manifestou fisicamente. A cachorrinha estava magra e desnutrida, com as costelas saindo da pele. Um check-up com um veterinário revelou que ela estava 25 quilos abaixo do peso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pior, eles descobriram que Ashley tinha queimaduras de cigarro no topo da cabeça.

Cadela deixada para trás durante tempestade é acolhida por quartel de bombeiros 5

No More Pain Rescue não tem um abrigo físico onde Ashley pudesse ficar, então Mahnken e Favor tiveram que encontrar um lar adotivo para ela imediatamente. Felizmente, eles tinham amigos no Corpo de Bombeiros de Nova York (FDNY).

O casal sabia que a estação de Fort Pitt costumava ter um cachorro, então eles perguntaram aos bombeiros se eles estavam dispostos a adotar Ashley até que pudessem encontrar um bom lar para ela.

“Assim que ela entrou no quartel, seu rabo estava abanando e ela estava lambendo e cumprimentando todo mundo”, disse Mahnken. “Ela estava superfeliz. De onde ela veio, você realmente não esperaria isso. Você pensaria que ela seria um pouco arisco, mas ela não era nada.

Cadela deixada para trás durante tempestade é acolhida por quartel de bombeiros 6

Alguns dias depois, o FDNY ligou para Mahnken para perguntar se eles poderiam ficar com Ashley.

“Eles disseram: ‘Vamos adotá-la. Nós simplesmente a amamos muito. Ela está em casa aqui. Então fiquei emocionado. E assim que eu a levei até lá, eu sabia que era onde ela pertencia”, disse Mahnken.

Desde então, Ashley tem vivido sua melhor vida no quartel.

Cadela deixada para trás durante tempestade é acolhida por quartel de bombeiros 7

“Ela está constantemente em movimento – ela faz pequenas corridas com eles, ela vai no caminhão de bombeiros com eles”, disse Mahnken. “Eles andam com ela cerca de 30 vezes por dia. Eles a trazem no telhado para brincar. Ela está constantemente na cozinha observando-os comer. Ela tem suprimentos infinitos de guloseimas.”

Os bombeiros ainda têm um assento designado para ela no caminhão de bombeiros. Ela é realmente uma garota especial!

“Estou tão feliz por tê-la colocado em uma casa que não mostrará nada além de amor, e não a transformará no pit bull que as pessoas adoram odiar tão rapidamente”, disse Mahnken. “Foi uma sensação inacreditável saber que era onde ela pertencia.”

Fonte: The Dodo
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.