Cadelinha cuida de ‘irmã’ poodle que ficou cega devido à diabetes

A amizade entre cãezinhos é sempre tão linda, né?! Os animais têm uma capacidade de se apegar a outro ser – da mesma espécie ou não – que até espanta. Já contamos algumas dessas histórias de amizades inesperadas entre animais e, dessa vez, conhecemos a Nina e a Lola que são as cadelinhas da Deise Silva, de São Paulo, que descobriu que Nina estava com diabetes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para quem não sabe, a doença têm as mesmas causas e os efeitos tanto em animais quanto em humanos. Se não for tratada com atenção, Nina terá muitas complicações ao longo de sua vida. Como sequela, Nina ficou cega subitamente. “Ficamos tristes demais com o diagnóstico”, disse Deise.

amizade entre cães
Nina, a cadelinha cega. Foto: arquivo pessoal

amizade entre cães
E Lola, sua melhor amiga. Foto: arquivo pessoal

Como começou amizade entre as cadelas

A tutora conta que sua outra cadelinha, Lola, quando viu Nina com algumas dificuldades, passou a ‘cuidar’ da irmãzinha. Agora, Lola passa os dias colada em Nina, tentando ajudá-la.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

amizade entre cães
Foto: arquivo pessoal

E no final das contas, isso é tudo o que importa, né?! Se depender de Lola e sua dona, Nina se adaptará bem à nova rotina sem perder a mobilidade, mantendo sua qualidade de vida – mesmo com o avançar da idade.

Fonte: Catiorro Reflexivo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,769,066SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cabine fotográfica só tira fotos quando pessoas se tocam

Combinando espelhos OLED, dois sensores de eletricidade no chão e uma impressora termal, a Thermobooth é uma cabine fotográfica que só tira foto quando...

Menina surda se emociona após ser atendida em língua de sinais

Não é fácil viver em um mundo onde todos parecem sempre ignorar quem é diferente. Sejam essas pessoas com deficiência visual, auditiva ou qualquer...

Cadela que vivia nas ruas é acolhida por frentistas de posto e vira mascote do local: ‘Nossa xodózinha’

Uma cadela que passou a vida nas ruas de Castelo, no sul do Espírito Santo, foi acolhida por funcionários de um posto de combustíveis. Batizada...

Bailarina vende brigadeiros no trem para custear viagem internacional

Perder a chance de realizar seu sonho por falta de dinheiro? Nunca! Amanda Mattos, de Mesquita, no Rio de Janeiro, decidiu ir à luta para agarrar...

Transexual supera abuso do pai, abre sua própria marcenaria e quebra barreiras

Conheçam a Nilce Clayr, que cresceu no interior de São Paulo e tem uma história que é exemplo de perseverança. Com um histórico familiar bastante difícil,...

Instagram