Mulher dá café da manhã para pacientes com câncer em hospital de BH

A Renata Medeiros, 45 anos, enfrentava um câncer de mama agressivo quando identificou que muitos pacientes não se alimentavam por não terem condições. Foi aí que nasceu o projeto Amor que Cura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde 2013, Renata leva para pacientes que tratam o câncer no Hospital da Baleia, em Belo Horizonte (MG), um café da manhã recheado de amor. ❤

“Entendi que não estava ali por acaso, precisava fazer alguma coisa para ajudar. Foi assim que criei o projeto. Entendi que mesmo enfrentando um câncer, podia fazer a diferença na vida das pessoas”, relatou.

pacientes tomando café da manhã do projeto Amor que Cura
Foto: Arquivo pessoal

pacientes tomando café da manhã do projeto Amor que Cura
Foto: Arquivo pessoal

Renata mantém o projeto somente com doações e ajuda de amigos. No começo, ela comprava os alimentos com o seu auxílio doença. Hoje, o projeto cresceu.

Ela não só oferece café da manhã toda semana, mas também almoço às quartas-feiras, além de cesta básicas e agasalhos para os pacientes mais carentes e auxílio emocional e jurídico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Inclusive, estamos com uma vaquinha para um lindo projeto de SP que dá café da manhã para moradores de rua. Clique aqui e contribua.

“São pessoas muito, muito simples, que vêm ao hospital somente com a roupa do corpo.”

“Tenho certeza que o câncer foi uma desculpa para eu conhecer essas pessoas”

Renata foi diagnosticada com um câncer de mama em estágio avançado em novembro de 2012. Em janeiro de 2013, começou o tratamento no Hospital da Baleia.

“Era uma corrida contra o tempo, precisei começar com as sessões de quimioterapia para depois fazer a cirurgia para retirada da mama, mas graças à Deus reagi muito bem ao tratamento e não precisei retirar”, contou.

fundadora do projeto Amor que Cura quando enfrentou um câncer de mama
Foto: Arquivo pessoal

Foi durante as sessões de quimioterapia que ela identificou que muitos pacientes não tomavam sequer uma xícara de café.

“Como sou muito curiosa perguntei ao meu médico se era por causa da quimioterapia e ele me disse que não, infelizmente, muitos pacientes não tem condições. São pessoas de várias cidades e região que vêm fazer a quimio e ficam horas sem se alimentar.”

pacientes tomando café da manhã do projeto Amor que Cura
Foto: Arquivo pessoal

pacientes tomando café da manhã do projeto Amor que Cura
Foto: Arquivo pessoal

pacientes tomando café da manhã do projeto Amor que Cura
Foto: Arquivo pessoal

Renata está curada e hoje, mais do que nunca, mantém o seu projeto. “Eu tenho certeza que o câncer foi uma desculpa para eu conhecer e entender a situação que muitos pacientes com câncer enfrentam.”

Para quem quer colaborar com o projeto, toda doação é muito bem-vinda. Pode chamar a Renata no Whatsapp: (31) 99116-1599 ou diretamente pelo Instagram do projeto @amorque.cura.

“Atualmente precisamos de recursos para manter o café dos pacientes e para comprar cestas básicas. A gente passa a ser a família dessas pessoas.”

Depoimento de paciente. “Ela é a nossa família”

Desde outubro de 2018, Cleonice Pires, 37 anos, vem acompanhando a filhinha Ana Cecília que enfrenta uma Leucemia Linfoide Aguda. A pequena foi diagnosticada aos 5 anos de idade e precisa ir ao hospital a cada 21 dias.

pacientes do projeto Amor que Cura
Foto: Arquivo pessoal

Eu e Ana Cecília moramos sozinha em Carmo do Cajuru (MG) e quando a Renata apareceu em nossas vidas, digo que foi a família que eu não conhecia, pois ela está sempre perto de nós, nos dando total apoio, esse café é muito gratificante, passamos praticamente quase o dia todo no ambulatório aguardando consulta”, contou.

Que projeto incrível, Renata! ❤

[Nota da Redação]

A cada bebê que traz ao mundo, o médico Calixto Hueb presenteia a mãe com uma arvorezinha para que a criança cresça com ela. É um primeiro presente à família do recém-nascido e também uma contribuição valiosa do médico para a preservação do meio ambiente. Vem conhecer mais essa história, dá play no vídeo abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

conteúdo original

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

985,165FãsCurtir
1,732,947SeguidoresSeguir
8,547SeguidoresSeguir
11,100InscritosInscrever

+ Lidas

Bióloga que salvou Arara Azul da extinção vira personagem da Turma da Mônica

Na última terça-feira (11), foi celebrado o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência. Para comemorar a data, a Mauricio de Sousa Produções...

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Juiz vai até a casa de idosa para lhe conceder aposentadoria

Um  caso incomum aconteceu há alguns meses, onde um juiz foi até a casa de uma senhora de 100 anos para conceder aposentadoria a ela. O...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Neto faz “antes e depois” e homenageia avó em seu aniversário de 99 anos

A homenagem de um neto para sua avó no dia do seu aniversário de 99 anos comoveu as redes sociais nesta quinta-feira (13). Iury Neto,...

Instagram