Cafeteria oferece emprego a homem que roubou pedaço de bolo porque estava com fome

Uma das condições mais terríveis que uma pessoa pode estar sujeita é a pobreza e à fome. Infelizmente, sem a ajuda da família, dos amigos ou do próprio estado, elas acabam se encontrando em situações extremas que pedem atitudes desesperadoras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É o caso de uma história peculiar que aconteceu em uma cafeteria na comuna de Pistoia, na Toscana (Itália).

Um dia após furtar um croissant (um tipo de bolo de massa folhada), um homem em situação de necessidade retornou ao local para pagar o produto e pedir desculpas, uma vez que ficou muito arrependido.

Em uma cartinha deixada numa mesa da área externa – e uma nota de 10 euros (cerca de R$ 65) – o rapaz se desculpa pela atitude desesperada, justificando que estava com fome e que sua situação o impedia de pagar pelo quitude naquele momento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comovido com a mensagem, o dono da cafeteria decidiu procurá-lo para oferecer-lhe mais do que uma simples ajuda, mas um emprego no estabelecimento.

Ciente de que o homem jamais se revelaria, com medo de ser julgado e até preso, o dono da cafeteria decidiu trilhar o caminho mais e acolhedor possível: ele compartilhou uma mensagem nas redes sociais contando a história para seus seguidores e conclamou o rapaz a aparecer em seu estabelecimento para negociar uma oferta de trabalho.

A atitude do empresário contrasta com muitas histórias lamentáveis de pessoas abastadas que aproveitam de sua posição de poder para humilhar e ferir a honra alheia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A história da cafeteria Alibabar viralizou na mídia italiana e não demorou para circular o mundo. Sem dúvida, a boa ação do local traz uma singela lição: se quisermos lidar com o problema da fome e da desigualdade, precisamos agir com empatia – sempre – àqueles que estão passando por momentos difíceis.

Tudo isso porque os donos do Alibabar entenderam que seu país vive uma situação complexa:

“Na outra manhã o nosso pasteleiro havia deixado uma bandeja de croissants fora da cesta fechada onde costuma colocar as massas. Quando voltamos, um havia sumido. Alguém o roubou? Bem, encontramos essa nota na manhã seguinte. Esta é a situação na Itália hoje … Pessoas obrigadas a “roubar” porque sentem fome. Ainda assim, ele voltou com dignidade para pagar a dívida. Ficamos de coração partido”, disse Marco Bartoletti, dono do Alibabar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por mais histórias de empatia e solidariedade ao próximo como essa!

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 7º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: Repubblica
Fotos: Reprodução / Instagram: @ alibabar_2.0

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,956,757SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

11 lições ditas por Bill Gates que vão te fazer uma pessoa melhor

"Bill Gates foi convidado por uma escola secundária para uma palestra. Chegou de helicóptero, tirou o papel do bolso onde havia escrito onze itens....

Parceria entre Razões e ONG realizará o sonho de famílias carentes de terem a sua casa própria

Hoje, mais de 11 milhões de brasileiros não têm uma moradia dentro das condições mínimas necessárias. E a gente acredita muito que pode mudar um...

Depois de idosa de 89 anos ser despejada, vizinha compra sua casa de volta

Uma vizinha comprou a propriedade para que a idosa pudesse voltar ao seu lar.

Nubank envia presente para cachorro ao saber que ele estava doente

O que você faria se estivesse com o dinheiro certinho para pagar uma conta e, de repente, acontecesse uma emergência e você tivesse que...

Menino de 8 anos gosta tanto de ler que organizou uma feira de livros em sua casa

A leitura pode ser para todos. O Igor, de apenas 8 anos, não somente ama ler, como organizou uma feira do livro em sua casa,...

Instagram