Caixa do Walmart oferece ajuda a senhor e lembra: “Nós esquecemos de como amar uns aos outros”

Você não precisa fazer nada grandioso para tornar o mundo um lugar melhor para todos. A partir do exemplo, pequenas ações podem ser transformadoras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na semana passada, o usuário do Facebook Spring Herbison Bowlin, de Clarksdale, Mississippi, nos Estados Unidos, compartilhou a foto de uma caixa do Walmart ajudando um senhor a contar o dinheiro da sua compra.

Depois que a caixa do supermercado calculou o valor total da compra, o homem ficou aparentemente envergonhado por ter que pagar em moedas, apesar de Bowlin, o próximo cliente na fila do caixa, insistir que não tinha nenhum problema.

“Ele olhou para mim se desculpando e começou a tirar o dinheiro trocado dos seus bolsos”, escreveu Bowlin. “Ele contou errado e começou a ficar nervoso.” A voz do senhor saía trêmula e embargada. Suas mãos também não paravam de tremer enquanto contava seu dinheirinho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi quando a mulher do caixa pacientemente ofereceu ajuda ao senhor. “Esta simpática caixa pega nas suas mãos e despeja todas as moedas no balcão e diz: ‘Isso não é um problema, querido. Faremos isso juntos’”.

Uma vez que a compra foi finalizada, Bowlin agradece a mulher pela ajuda oferecida ao senhor. “Você não deveria me agradecer, querido. O que há de errado com o nosso mundo é que esquecemos de como amar uns aos outros”, respondeu a caixa do supermercado. “Eu quero ser mais como ela.”

Com informações do GoodNewsNetwork

Foto: reprodução Facebook/Spring Herbison Bowlin

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,275,963SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudante que havia ficado paralítico, volta a andar para pegar seu diploma na graduação

Um estudante universitário de Iowa ficou paralítico após uma lesão esportiva durante seu primeiro ano.  Na época, os médicos falaram que ele tinha apenas 3%...

Menino de 9 anos visita escolas para falar sobre o bullying no Paraná

O garoto Paulo Pirotta tinha apenas 7 anos quando começou a falar sobre o bullying na escola onde estuda, em Cornélio Procópio, no Paraná.

Sacola biodegradável ajuda no saneamento básico de regiões não desenvolvidas

Certas coisas nos fazem ver quão ricos somos, mesmo tendo pouco, ou como as necessidades de alguns países, cidades ou tribos são as mais básicas possíveis. Para...

Mãe corta o cabelo e doa para fazer peruca para a filha com leucemia

Maria Eduarda tem 7 anos e está em uma imensa batalha contra a leucemia. Devido o tratamento, ela perdeu o cabelo e isso a...

Rick Chester destinará lucro da sua palestra para jovem humilhado por vender geladinho (MA)

“Os humilhados serão exaltados”, afirmou palestrante Rick Chesther em publicação, na qual anunciou também que fará uma surpresa para a família de Adão, o...

Instagram

Caixa do Walmart oferece ajuda a senhor e lembra: “Nós esquecemos de como amar uns aos outros” 3