Com caixas de leite, voluntário constrói centro de capacitação profissional para desempregados

Com caixas de leite que iriam para o lixo, o administrador Carlos Henrique Bastos D’Ávilla, o Kaká, como é conhecido em Porto Alegre, começou a construir um centro de capacitação profissional no quintal da sua casa. Há algum tempo, ele realiza consultorias gratuitas sobre elaboração de currículos na rua mesmo, dá palestras sobre técnicas para entrevista de emprego dentro de ônibus e distribui currículos em estabelecimentos e instituições.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Kaká atua hoje em um setor administrativo da prefeitura da capital gaúcha, mas começou a trabalhar aos 14 anos de idade vendendo sanduíches. As dificuldades no início da vida e a necessidade de se virar desde cedo fizeram com que ele decidisse usar seu conhecimento e tempo para ajudar quem está em busca de um emprego.

Tomei esta iniciativa porque já passei por muitas dificuldades na vida. Sei o quanto é difícil não ter alguém para lhe estender a mão, apoiar, incentivar, prestar um direcionamento. Ainda mais por se tratar de pessoas desempregadas, que muitas vezes estão desesperadas, desacreditadas”, disse.

Foto: Arquivo pessoal

Aos 18 anos de idade, Kaká D’Ávila começou a trabalhar em uma agência de empregos como recepcionista. Foi então que ele começou a auxiliar os desempregados. “Comecei a conquistar o meu espaço, realizando estas ações gratuitas, formulando currículos, passando dicas de como se destacar nas entrevistas de emprego e ajudando a fazer cópias de currículos… tudo de graça”, relembra. Depois, ele se formou em Administração de Empresas, foi promovido para supervisor e chegou ao cargo de gerente regional.

Foto: Arquivo pessoal

O trabalho voluntário começou há dez anos e hoje, aos 38 anos de idade, Kaká dedica o tempo de deslocamento para o trabalho e os finais de semana para ajudar quem está sem ocupação. Além de dar dicas para os desempregados, o “banco de currículos ambulante” leva os currículos dos candidatos a padarias, lojas, shoppings, de acordo com o perfil dos trabalhadores para fazer a ponte entre empresa e candidato. Ele disse que chega a receber 500 mensagens por dia e já ajudou mais de 5 mil pessoas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Arquivo pessoal

Centro de capacitação profissional feito com caixas de leite no quintal de casa

Agora, o voluntário quer sair das ruas e construir um centro de capacitação profissional no quintal da casa dele, com vários serviços voltados para os desempregados, como copiadora para impressão de currículos, cursos profissionalizantes, aulas de português, informática, inglês, orientações sobre o mercado de trabalho e encaminhamento para o mercado.

Foto: Arquivo pessoal

Para realizar esse sonho, o administrador está juntando caixas de leite que iriam para o lixo e construindo as salas do futuro centro de capacitação profissional.

“Quero criar um centro de capacitação profissional com caixinhas de leite, justamente por ser uma matéria prima barata. Neste primeiro momento será um espaço pequeno, mas quero ir expandindo conforme as doações de caixinhas forem chegando. Será construído no quintal de casa, pois assim evito as tantas burocracias para conseguir um terreno em outro local, e assim, posso agilizar o projeto”, explicou.

Para contribuir com o projeto, as pessoas podem entrar em contato pelo Whatsapp (51) 99869-7027.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

razões para acreditar

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,178FãsCurtir
1,759,543SeguidoresSeguir
8,611SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fábio Assunção dá a volta por cima um ano depois de virar ‘piada’ no Carnaval

É impressionante o quanto as coisas podem mudar em apenas um ano, né? Olha o caso do ator Fábio Assunção, 48 anos. No Carnaval do...

Fotos de abelhas cansadas dormindo de “bumbum pra cima” dentro de flores viralizam

Uma série de fotos de abelhas tirando um cochilo dentro de flores com o bumbum cheio de pólen está fazendo o maior sucesso na...

No Pará, há mais de 40 anos existe um bloquinho infantil que homenageia os animais da Amazônia

Cada vez mais os blocos carnavalescos estão inovando e usando e abusando da criatividade, mas o que falar deste bloquinho infantil, do interior do...

O primeiro dia de aula do menino desnutrido que foi resgatado há um ano

O primeiro dia de aula é uma data marcante, que estabelece que seu filho(a) está crescendo e ganhando o mundo. Mas, para um menino em...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Instagram