Idoso hospitalizado recebe visita especial de sua calopsita em Votuporanga (SP)

Após ter quebrado o braço em um acidente doméstico e ter ficado mais de uma semana se recuperando num quarto de hospital, o aposentado Edio Especiato Ferreira, 58 anos, só conseguia sentir falta de sua calopsita.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O idoso, que deve ficar internado mais alguns dias na Santa Casa de Votuporanga, no interior paulista, conta que a ave lhe faz muita falta. “Estava em casa e caí da cama. Vim para o Hospital e deixei minha calopsita. Sinto muito a falta dela.”

Seu Edio é puro amor com a calopsita. “É minha grande companheira. Anda na rua comigo, dorme junto. É da família há quatro anos”, disse.

Idoso hospitalizado visita calopsita

Visita da calopsita

Sensibilizada com a saudade do idoso e visando auxiliar no seu processo de recuperação, a equipe médica responsável por Seu Edio organizou uma visita especial.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a ajuda da filha, Ana Beatriz da Silva Ferreira, eles trouxeram a calopsita para a área externa do hospital, possibilitando o reencontro.

O momento foi emocionante: o pássaro saiu da gaiola diretamente para os braços do aposentado. Em seguida, muitos beijos, carinhos e alegria. “Estou muito feliz por encontrá-la e quero logo voltar para casa”, afirmou.

Leia também:

Ana Beatriz conta que ‘se engana’ quem pensa que apenas Seu Edio sente falta. “O passarinho mudou. Não come, fica mais perto da gente e até desmaiou de saudade estes dias”, contou. Ao ver o aposentado, a calopsita gritou sem parar.

O encontro foi supervisionado pela coordenadora de Serviço Social, Ticiane Carla Luiz Camilo. Ela explica a companhia de pets ao paciente realmente é terapêutica e traz alguns benefícios como sensação de melhora e bem-estar, sociabilidade e diminuição da ansiedade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Além de dar uma mãozinha para o processo de recuperação, ajuda a encurtar a duração da internação e, em alguns casos, pode até promover a cura de algumas doenças. Por serem parte da estrutura familiar como qualquer outro membro, os animais de estimação conseguem reconfortar os assistidos e trazer um pouco da normalidade de suas vidas para dentro do ambiente hospitalar”, destacou.

Idoso hospitalizado visita calopsita
Foto: Reprodução/NF Pet

“O poder dos pets ainda vai além e pode se tornar um fator motivador da própria família. Os membros do grupo familiar se fortalecem com a sensação de que estão fazendo algo realmente benéfico para seu ente hospitalizado, tendo amenizado os sentimentos relacionados à impotência frente à situação. Foi emocionante ver este reencontro lindo!”, concluiu.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: VotuNews/Fotos: Reprodução/VotuNews

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Paranaense de 84 anos vence maratona no Deserto do Saara

Um paranaense de 84 anos viajou quase 10 mil quilômetros para competir – e vencer! – a Maratona do Deserto do Saara 2019, no Marrocos. Antonio...

Vitória! Lésbica é a mulher mais votada para o Congresso em eleições no Peru

Uma candidata lésbica foi a mulher mais votada para o Congresso peruano, em pleito realizado no último dia 11 de abril. Susel Paredes, 57...

Senhora adota bebê com AME que hoje mora em hospital e foi abandonada por genitora no RJ

A Pérola não podia ter nome mais apropriado para ela. Essa princesa de apenas 4 anos tem AME e desde os seus seis meses...

Ronaldo Fraga faz desfiles com modelos trans na SPFW: “Foi emocionante, até chorei”

O estilista convocou somente modelos trans para o seu desfile. As modelos usavam um único modelo de vestido, inspirado nas décadas de 20, 30 e 40.

Instagram