Caminhoneira Afrodite é tema de coleção e desfila em passarela de SP

Desde julho, quando que se tornou nacionalmente conhecida por conta de uma campanha da Shell, a caminhoneira trans Afrodite, 70 anos, tem viajado por todo o país contando sua história e participando de eventos de promoção e representatividade da comunidade LGBTQ+.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nesta semana, Afrodite participou de um desfile da marca paulistana Ken-gá, que também criou a coleção ‘Boleia Mística’, inspirada na vida e trajetória da caminhoneira trans.

Ajude a mudar a vida da Ana Paula, mulher trans em situação de rua

 

Caminhoneira trans Afrodite tema de coleção desfila passarela SP

Segundo as criadoras da Ken-gá, Lívia Barros e Janaína Azevedo, elas contataram Afrodite pela primeira vez há três anos. Eventualmente, após algumas tentativas, finalmente conseguiram levá-la para as passarelas da moda na Casa de Criadores, em São Paulo (SP).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Caminhoneira trans Afrodite tema de coleção desfila passarela SP

Documentário da caminhoneira Afrodite

Os itens da coleção estão em uma mostra na Galeria Melissa. Também será exibido um documentário com relatos de Afrodite, no mesmo local, com entrada franca.

Leia também:

A produção servirá como ponto de partida para uma conversa sobre empoderamento das minorias, feminismo, racismo e o mundo LGBTQ+.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Emais/Fotos: Marcelo Soubhia/Fotosite

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,994,891SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Tapeceiros fazem sofás ecológicos com material tirado do lixo

"Onde as pessoas veem um monte de lixo, eu vejo uma montanha de dinheiro", diz o piauiense Diolindo Souza, 43 anos e há 15 tapeceiro.

Caixa de supermercado pinta unhas de cadeirante rejeitada por salão

A caixa do Walmart pintou as unhas de uma mulher com paralisia cerebral rejeitada por um salão de manicure porque suas mãos não paravam de tremer.

Casal gay adota adolescente que estava 6 anos na fila de adoção

O casal está junto há mais de dois anos e conta que sempre teve vontade de adotar, independente da idade.

Menino pinta incríveis retratos de animais para alimentar cães e gatos de abrigo

Pavel Abramov, que mora em Arzamas, na Rússia, pinta incríveis e caprichados retratos de animais. Em seguida, os vende ou os troca por ração para alimentar cães e gatos de um abrigo.

Motorista de ônibus carrega idosa deficiente no colo e comove

Mara tem um anjo na sua vida: o motorista Alcides.

Instagram