Conheça a história do caminhoneiro crossdresser que viaja o Brasil de salto alto

A motorista Afrodite, de 68 anos, nasceu Heraldo Araújo, nome que consta em todos os seus documentos, pelo menos por enquanto. Em meados do ano passado, ela decidiu se assumir como crossdresser – homem que utiliza roupas e acessórios considerados femininos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Afrodite se considera heterossexual e parou de se relacionar com mulheres há alguns anos. O preconceito dentro da própria família foi o maior obstáculo para ela ter vida que sonha desde quando experimentou roupas de mulher aos 13 anos.

A relação com os irmãos – com quem chegou a formar sociedade em uma empresa eletrotécnica – era boa, mas só até Afrodite começar a usar roupas femininas. Eles diziam que ela estava ficando louca e, inclusive, a proibiram de atender clientes.

Diante das ameaças de agressão, Afrodite registrou um boletim de ocorrência, que culminou em um processo contra os dois irmãos por injúria e difamação. Por outro lado, ela recebeu apoio dos sobrinhos e do pai, que não fez nenhum tipo de comentário quando viu a filha vestida de mulher pela primeira vez.

Outro apoio importante veio da filha, Tatiana Rodrigues, de 42 anos. A dona de casa também não julgou o pai quando o viu pela primeira vez como Afrodite. Seu único conselho foi que Afrodite não pintasse as unhas com cores fortes quando estivesse trabalhando, pois teme que o pai sofra algum tipo de violência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar dos riscos, Afrodite não se arrepende de ter se assumido crossdresser. Mas, essa é apenas uma etapa da sua transição. Para se sentir completamente livre, ela pretende fazer a cirurgia de mudança de sexo ainda este ano, para chegar o mais próximo possível de uma mulher, quem ela verdadeiramente é.

Mas, antes, ela terá que fazer acompanhamento terapêutico, para que possa receber um lado psicológico/psiquiátrico favorável e o diagnóstico de transexualidade. Enquanto esse dia não chega, ela entrou com uma ação na Justiça para que o nome Afrodite passe a constar em seus documentos.

Leia a história completa de Afrodite na BBC Brasil.

foto: Alair Ribeiro/BBC Brasil

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,842,344SeguidoresSeguir
24,832SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

São Paulo ganha estação de recarga de carro elétrico gratuita

O funcionamento é simples: o usuário estaciona o carro no espaço dedicado à recarga, conecta o cabo no veículo e aperta o botão ligar. O carregador avisa quando a carga for completada.

Bebê que sobreviveu a duas paradas cardíacas inspira pai a escrever livro para outros ‘pais de UTI’

A família do fotógrafo paulistano Edu Leporo vivenciou um verdadeiro milagre há cerca de 3 meses. Bento, um dos filhos gêmeos dele - que...

[VÍDEO] Garotinho com síndrome de Down conhece sua irmã recém-nascida e não consegue parar de sorrir

Um vídeo está circulando essa semana pelas redes mostrando a reação super fofa de um garotinho de 1 ano, portador de Síndrome de Down,...

Estudantes criam solução para óleo no mar com casca de coco verde

A solução é mais barata e mais sustentável do que a turfa canadense.

Professora cria álbum de figurinhas para ensinar conteúdo da apostila

Álbuns de figurinhas nunca saem de moda quando o assunto é Copa do Mundo. De olho no clima do mundial, a professora do 1º...

Instagram

Conheça a história do caminhoneiro crossdresser que viaja o Brasil de salto alto 2