Campanha conscientiza sobre os 33 mil brasileiros à espera de um transplante

Existem muitos estigmas em torno do transplante de órgãos. A família do possível doador exerce um papel essencial na doação: a decisão de autorizá-la ou não.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apenas 57% das famílias no Brasil autoriza a doação. Os outros 43% esbarram na falta de conhecimento sobre o tema. Atualmente, cerca de 33 mil brasileiros estão à espera de um transplante. A conscientização parece ser a melhor solução para o problema.

É nisso em que acredita o cantor paulistano Bruno Saike. Desde 2014, ele coordena a campanha #JUNTOS, sobre doação de órgãos. O projeto consistiu em dois vídeos até o momento: o primeiro, em 2015, reuniu mais de cento e trinta personalidades como Lionel Messi, Laura Pausini e Marina Ruy Barbosa; o segundo, em 2016, contou com a participação de cantores como Daniel, Jorge Aragão e Ivete Sangalo, reinterpretando em inglês “Sueño Dorado”, a canção marca da campanha, além de contar com a participação de Patch Adams, ativista e médico americano.

Com o sucesso e a repercussão do projeto ao redor do mundo, Bruno recebeu este ano a medalha de ouro do SaludFestival, renomado festival de publicidade em Málaga, na Espanha. Ele foi eleito pela ESOT (European Society for Organ Transplantation) embaixador para o Cone Sul e América Latina. O cantor da banda He Saike enxerga nessa iniciativa a chance de conscientizar as pessoas sobre um tema tão importante e, através da arte, fazer a diferença e deixar um legado do qual se orgulhe.

“O entretenimento tem por obrigação levantar temas sociais. Você atinge com muito mais facilidade e de uma maneira muito mais precisa as pessoas quando você aponta essas questões de uma forma mais leve. Levantar a voz, bater no peito e reclamar não são as melhores alternativas. Através da arte, e principalmente da música, um discurso dessa magnitude é muito melhor entendido e aceito pelos outros, ainda mais quando se trata de uma temática como essa que precisa da atenção de todos”, diz o cantor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Neste ano, Bruno se prepara para a terceira parte do projeto: um álbum com a colaboração de treze artistas e bandas, entre eles NX Zero, Pitty, Sorriso Maroto e Falamansa, além da própria He Saike, onde Bruno é vocalista, que terão suas músicas figuradas na coletânea distribuída pela Deckdisc. O site de divulgação do álbum conta com um campo que permitirá ao usuário contribuir diretamente com a ABTO, entidade da área referência em âmbito nacional. A coletânea estará disponível em todas as plataformas digitais de streaming.

Assista aos dois primeiros vídeos da campanha #JUNTOS:

crédito da foto: Reprodução/YouTube Venom Produções

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,266,727SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bikeboy que fazia entregas com o filho compra casa após vaquinha do Razões

Vídeo dele com o bebê na bicicleta repercutiu e emocionou milhares de pessoas

Pai se veste de Homem-Aranha e faz surpresa de aniversário para filho com câncer terminal

Um pai se vestiu de Homem-Aranha para surpreender seu filho que luta contra um tumor no cérebro. Mike Wilson se vestiu como herói para fazer...

Professor de Bolso: aplicativo te ajuda a tirar dúvidas sem sair de casa

Dois estudantes de medicina que davam aulas particulares para pagar suas despesas (o dinheiro enviado pelos seus pais cobria apenas as necessidades básicas) perceberam...

É do Brasil: única menina com deficiência vence Miss Universo Infanto Juvenil

"Eu quero que todos os outros deficientes, como eu, participem de tudo que eles tiverem vontade. Eu sou normal. Só sou diferente, do mesmo jeito que as outras pessoas. Porque ninguém é igual a ninguém."

Empresária resgata bebê abandonada em sacola e decide adotar criança em Campo Grande (MS)

Uma empresária de Campo Grande (MS) resgatou uma bebê recém-nascida abandonada em uma sacola e agora quer adotar a criança. Kely Zerial, 37 anos,...

Instagram

Campanha conscientiza sobre os 33 mil brasileiros à espera de um transplante 1