Campanha questiona baixíssima presença de professores negros nas universidades brasileiras

Falar de educação nunca é demais e uma nova campanha quer falar desse tema questionando o baixo número de negros lecionando nas nossas universidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para isso, a Universidade de Juiz de Fora a criar a hashtag #nãoécoincidência e espalhou cartazes pelo campus e sem rodeios pergunta: quantos professores negros você tem?

O professor José Jorge de Carvalho, da Universidade de Brasilia, divulgou uma pesquisa mostrando que o número de professores negros no ensino superior não chegam a 1% da média nacional; na USP,  entre os 4,7 mil professores, nem dez são negros; na UnB, de Brasília, a pioneira no estabelecimento de cotas, dos 1,5 mil professores, somente 15 professores são negros.

Ou seja, embora os negros representem mais de 50% da população brasileira, eles não recebem oportunidades em ambientes de ensino.

Vamos debatar o assunto, este e todos os outros que representam a reforma educacional tão desejada!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

UFJF_INTERNA

UFJF1

UFJF4

UFJF2

UFJF3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Hypeness

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,833,017SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

RETA FINAL DA PRÉ-VENDA! Garanta o 1º livro do Razões Para Acreditar com frete grátis + brinde especial

Já garantiu o seu? Ainda não? Você tem entre hoje (14/08) e amanhã (15/08) para garantir o nosso primeiro, O Que Eu Aprendi Até...

Instituição oferece atendimento psicológico gratuito para pessoas em situação de rua no Rio

Imagine uma população super vulnerável que precisa de apoio e de encontrar caminhos para recomeçar? Esta é a realidade de muitas pessoas em situação...

Filha de diarista e cobrador de ônibus é aprovada em Medicina na USP e Unicamp aos 21 anos

De Paulínia, interior de São Paulo, para o mundo, a estudante Monaliza Ávila, 21 anos, foi aprovada em Medicina após concorrer com mais de...

Advogado curado de leucemia junta dinheiro para dar casa à sua doadora

Buscando recompensar a doadora de medula que curou sua leucemia, o advogado Gabriel Massote Pereira, que mora em Uberlândia (MG), decidiu fazer uma vaquinha...

Iniciativa: Crianças limpam praia na Baia de Guanabara

Os número são alarmantes, cerca de 8 milhões de toneladas de lixo plástico são lançadas todos os anos nos oceanos. Nós já chegamos a mostrar...

Instagram