Campanha ‘Sinal Vermelho’ chega a Curitiba e ajuda mulheres vítimas de violência

0
1928
campanha sinal vermelho

A campanha “Sinal Vermelho” se tornou um super apoio contra a violência doméstica em todo o Brasil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ideia foi integrada em junho pela Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Eles trabalham também em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

O objetivo utilizar as redes de farmácia em todo o país como um canal para “pedidos de socorro” de mulheres que sofrem violência doméstica.

campanha sinal vermelho
Reprodução: AMB

Basta um X

A mulher precisa apenas desenhar um X na mão e exibir para o balconista em atendimento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De forma instantânea, o funcionário acionará as autoridades locais para agir contra o abusador.

Hoje, o programa tem cerca de 10 mil farmácias filiadas e treinadas para oferecer esse suporte.

Campanha também valerá em Curitiba

A Prefeitura de Curitiba anunciou que a partir da última sexta-feira (7), diversas farmácias da capital estarão gerando esse suporte para ajudar mulheres vítimas de violência.

As mulheres que precisam de ajuda devem fazer um X em vermelho na palma da mão e mostrar de maneira discreta ao atendente, que vai fazer a denúncia.

O sinal virou um código de pedido de ajuda e pode ser feito com batom ou caneta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se a mulher não quiser ou não puder esperar na farmácia até a chegada da polícia, o atendente vai anotar os dados necessários para que as autoridades consigam encontrá-la.

Só torcemos para que essa campanha chegue no máximo de cidades do Brasil!

VEJA TAMBÉM:

O Enzo Tapetti, um menino de 6 anos teve a ideia de vender sucos para ajudar na compra de respiradores do hospital de sua cidade,
Artur Nogueira em SP. Ele já entregou pessoalmente o respirador e ainda deixou um recado super fofo pra gente! ❤️

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


FONTE: Tribuna PR

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.