Início INSPIRAÇÃO Superação Jogadores premiados no Campeonato Brasileiro são exemplos de superação

Jogadores premiados no Campeonato Brasileiro são exemplos de superação

Na última segunda-feira (9), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) premiou os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro. Para dois deles a noite foi especial: Bruno Henrique, do Flamengo, e Michael, do Goiás – melhor jogador e revelação da competição, respectivamente. Por trás dessas conquistas se escondem duas histórias incríveis de superação!

O atacante flamenguista quase perdeu a visão no ano passado! Na primeira partida de 2018, quando atuava pelo Santos, Bruno Henrique tomou uma bolada no rosto e sofreu cinco lesões no olho direito. Poderia ter ficado cego se não tivesse sido rapidamente atendido.

A recuperação foi lenta. Ele ficou um longo tempo com a visão embaçada, voltou aos treinamentos com um óculos especial de proteção e só retornou aos jogos mais de quatro meses depois. Durante a premiação, não esqueceu o ano que passou:

“Vou lembrar com muito carinho desse Brasileirão. Tive um 2018 ruim, com lesões, e hoje estar aqui representando o Flamengo… essa conquista que é de todos os companheiros”.

Jogadores premiados Campeonato Brasileiro superação
Bruno Henrique, do Flamengo. Foto: Daniel Castelo Branco

Leia também: Tio vascaíno veste a camisa do Flamengo para torcer com sobrinho que perdeu o pai

Michael, revelação do campeonato brasileiro pelo Goiás, também tem uma história de superação. O jogador de 22 anos virou usuário e vendedor de drogas na juventude e quase foi morto:

“Depois da sexta vez que tentaram me matar eu disse ‘Se esse Deus é mais ele vai ser mais na minha vida’”.

Jogadores premiados Campeonato Brasileiro superação
Michael, do Goiás. Foto: Site Goiás/Reprodução

Leia também: Torcedor é ofendido por usar camisa falsa e Goiás providencia uma original para ele

Em 2016, ele decidiu mudar. Foi contratado por um time da terceira divisão de Goiás e iniciou uma trajetória de sucesso no futebol. Diz que agora segue atento para seguir vencendo:

“É difícil, mas graças a Deus estou superando. Todos os dias são uma luta. Se você não vai conseguir ficar em um ambiente com bebida, é melhor se retirar. Eu saio. Muitas vezes me dá vontade de beber, de fumar, não vou mentir. Sou ser humano. Só que eu olho para o céu, é de lá que vem nosso socorro. Eu tento me desviar do caminho do mal. Se eu voltar a fazer isso, nunca mais vou jogar futebol”.

*Texto de Marcos Pinheiro.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

982,391FãsCurtir
1,679,634SeguidoresSeguir
8,247SeguidoresSeguir
11,000InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Quem já comeu sabe o quanto o cará é saboroso. O tubérculo, que é bem parecido com o inhame, é rico em fibras e...

Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é...

Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

O futuro da medicina está cada vez mais próximo do presente. No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é...

Instagram