Início ETC Animais Canadá aprova lei que proíbe que baleias e golfinhos sejam mantidos em...

Canadá aprova lei que proíbe que baleias e golfinhos sejam mantidos em cativeiro

O parlamento canadense aprovou um projeto de lei que proíbe que baleias, golfinhos e botos sejam mantidos em cativeiro para fins de entretenimento, comércio, posse e captura. Resumindo, é o fim da criação de cetáceos no país.

“A aprovação da lei S-203 é um momento decisivo na proteção dos animais marinhos e uma vitória para todos os canadianos. As baleias e os golfinhos não pertencem aos tanques, e o sofrimento destes animais altamente sociais e inteligentes em confinamento intensivo não pode ser mais tolerado”, disse Rebeca Aldworth, diretora executiva da ONG Humane Society International.

“Damos os parabéns aos responsáveis por esta lei e ao governo canadense por mostrar uma liderança forte na resposta à vontade pública e aos dados científicos sobre esta questão crítica”, complementou.

Canadá lei proíbe baleias golfinhos mantidos cativeiros

Fim dos cativeiros

“Os canadenses têm sido claros, querem que a prática cruel de manter baleias e golfinhos em cativeiro termine. Com a aprovação da lei S-203, garantimos que isso vai acontecer”, afirmou Elizabeth May, líder do Partido Verde do Canadá.

Leia também: Elefante ganha bolo especial para comemorar 5 anos de sua libertação do cativeiro

“Temos a obrigação moral de eliminar gradualmente a captura e a retenção de animais para fins lucrativos e de entretenimento. Os canadenses pediram-nos para fazer melhor – e nós escutamos”, advogou o senador Wilfred Moore.

Canadá lei proíbe baleias golfinhos mantidos cativeiros

“As condições de vida dos mamíferos marinhos em cativeiro não podem ser comparadas às dos seus ambientes oceânicos naturais nem em tamanho, nem em qualidade. Agradecemos ao governo federal e a todos os envolvidos na aprovação do projeto de lei S-203, para que as nossas leis possam finalmente alinhar-se com os valores dos canadianos para acabar com esta prática cruel”, afirmou o biólogo marinho Hal Whitehead.

Leia também: Mãe e filha costuram casacos de lã para galinhas que viviam em cativeiro não passarem frio

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: The Uniplanet/Fotos: Reprodução

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

979,953FãsCurtir
1,667,069SeguidoresSeguir
8,163SeguidoresSeguir
10,800InscritosInscrever

+ Lidas

Passarinho deficiente ganha sapatinhos ortopédicos para caminhar sem dor

Um passarinho com deficiência foi resgatado pela equipe da ONG norte-americana California Wildlife Center (CWC) enquanto perambulava com bastante dificuldade pelas ruas. O pequeno nasceu...

Evento no RJ oferece de graça 250 tattos que alertam sobre doenças e alergias

A cidade do Rio de Janeiro vai receber a maior convenção de tatuagens do mundo – a Tattoo Week – no Centro de Convenções...

Multidão canta e convence jovem a não se jogar de prédio em MG; assista!

Ao ver um jovem ameaçar se jogar do alto de um prédio em Patos de Minas (MG), uma multidão de pessoas – em especial,...

Quênia instala primeira usina solar que transforma água do oceano em potável

Atualmente, estima-se que 2,2 bilhões de pessoas (28% da população mundial) não possuem o devido acesso à água potável, o componente mais básico e...

Jovem mexicano cria torres que purificam o ar com a mesma eficiência de 360 árvores!

Um jovem mexicano desenvolveu uma torre autossustentável com microalgas capaz de filtrar o ar. A torre realiza o trabalho de 360 árvores. Carlos Monroy Sampieri,...

Instagram