10 mulheres da mesma família superam o câncer de mama juntas

Uma família britânica carrega as dores e os louros de uma história de luta e superação contínuas: ao longo dos últimos 20 anos, 10 mulheres (com idades entres 47 e 81 anos) enfrentaram uma batalha pessoal e implacável contra o câncer de mama.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A primeira mulher diagnosticada foi Joyce Waite, em 2002. À época, ela tinha 61 anos. Pouco depois, as cunhadas e filhas dela também descobriram a presença da doença.

Barbara Limb, 81, foi a segunda. A aposentada conta que procurou um médico após sentir dores na mama. Lorraine Hill, 61, foi diagnosticada após encontrar um grande nódulo no peito em 2005. No entanto, seu marido, Andrew, 56, morreu de câncer no intestino apenas algumas semanas após ela terminar sua última rodada de quimioterapia.

dez mulheres mesma família superam juntas câncer de mama

Todas juntas contra o câncer de mama

Três anos depois, em 2008, Trudie Smart, 47, sobrinha de Barbara, foi diagnosticada com o mesmo câncer. Em questão de dias, a mãe dela, Shirley Limb, 72, também recebeu a mesma notícia, durante uma mamografia de rotina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mary Limb, 74, outra cunhada de Joyce, foi informada de que tinha câncer de mama em 2012, depois que os médicos encontraram um nódulo. Já a filha de Mary, Hazel Holland, 53, passou pela experiência em 2015. Assim como Vanessa Haw, 55, filha de Barbara. Margaret Bedford, 74, irmã de Joyce, foi diagnosticada em agosto de 2017. Um mês depois, em outubro de 2017, a nora de Margaret, Jane Reeson, 54, também descobriu que estava com a doença.

Leia também:

Por fim, no início deste ano, a irmã de Lorraine, Linda Parker, 59, foi diagnosticada com câncer de mama e está sendo apoiada pela família. “Estou usando minhas próprias experiências para ajudá-la a permanecer positiva”, disse Lorraine.

Foram 10 batalhas – e até aqui, 10 vitórias contra o câncer de mama.

dez mulheres mesma família superam juntas câncer de mama

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ensaio fotográfico para calendário beneficente

Para comemorar tantos triunfos em meio ao choque do diagnóstico e as dificuldades do tratamento, elas se reuniram para fazer um ensaio fotográfico, transformado em calendário.

“Mesmo nos piores dias, você sabia que havia vida, havia esperança. O fato de dez de nós termos passado pelo câncer foi uma grande ajuda. Somos uma família unida, então estivemos lá uma para a outra. Todas lutamos juntas contra o câncer em família e compartilhamos nossas experiências. Esse apoio e saber que alguém teve câncer de mama, mas sobreviveu, foi brilhante”, disse Vanessa Haw, 55.

O calendário familiar será lançado no Reino Unido em outubro. Todo o lucro com as vendas será redirecionado à ONG Breast Cancer Care. “Sempre fomos uma família próxima, mas acredito que o câncer de mama nos aproximou”, finaliza Shirley.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Vírgula/Fotos: John Aron/SWNS

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,562,206SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após ataques racistas, menino que ama livros ganha reforma de casa e bolsa de estudos

Eu amo uma reviravolta dessas, bicho! Tá acontecendo muita coisa boa na vida do menino Adriel, que sofreu ataques racistas desprezíveis na semana passada. Adriel,...

Após infância traumática, jovem inspira outras meninas da periferia a serem o que quiserem: “multiplicar o impacto”

“Garotas da favela podem ser o que quiser”, a Bia Franco é mais uma prova que isso não é apenas uma frase. Mas o...

Técnico do Flamengo doará direitos autorais de sua biografia para crianças com câncer

Jorge Jesus visitou o Instituto Nacional de Câncer, no Rio, distribuiu presentes e prometeu doar os direitos autorais de sua biografia para a instituição.

Escolas em todo mundo estão cancelando o evento do Dia das Mães após incidentes traumáticos

Uma vez publicamos aqui no Razões sobre um bilhete de escola destinado apenas às mães e que teve uma resposta de uma mãe pedindo...

Veterinário faz cirurgia inédita e devolve visão a cãozinho cego

Desde o início deste ano, a vida do poodle Kauê, de 11 anos, mudou para sempre. Até então considerado quieto e introspectivo desde que...

Instagram