Canudo feito de papel chega para substituir o de plástico

Falamos recentemente de uma empresa americana que produz escovas de dentes feitas com bambu, uma matéria-prima biodegradável, oferecida como alternativa às escovas de plástico, que causam impactos negativos no meio ambiente quando são descartadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No Brasil, também vemos empresas se esforçando para substituir produtos de plástico, conscientes dos riscos que eles trazem para a natureza e a vida animal. A Fulpel Group está entre elas.  Em agosto deste ano, a companhia vai começar a produzir canudinhos biodegradáveis.

Vale dizer que a produção produtos sustentáveis não é novidade para a empresa, que faz isso há quase 30 anos, informou o site CICLOVIVO.

“Alguns setores já começaram a se movimentar pela causa, chamando atenção para o problema mundial. Por isso o nosso objetivo é o de oferecer qualidade e preço justo para que o uso do canudo de papel seja cada vez mais no Brasil”, afirmou Marcos Silva, diretor da Fulpel Group.

Apesar do produto ter um custo alto, cerca de 13 vezes mais caro que o canudo de plástico, o gestor comercial da companhia, Wellington de Paula, afirmou que a conscientização dos consumidores pode impulsionar a comercialização do canudo de papel, compensando os custos de produção.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

canudos papel alternativa plástico

“Esse mercado segue em expansão e estamos atrelados a isso, especialmente no segmento de alimentação fora do lar. Nesse cenário, projetamos crescer mais de 30% esse ano”, disse o gestor comercial ao Diário Comércio Indústria & Serviço.

A ideia da Fulpel Group é estimular a substituição dos canudos de plástico oferecidos em diversas redes de fast-food: restaurantes, lanchonetes, cafés e por aí vai.

O produto será o primeiro no mercado nacional feito de papel biodegradável de madeira de reflorestamento com certificação. O protótipo foi lançado na última edição da Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria de Alimentos e Bebidas), realizada em junho.

Ele virá em três tamanhos diferentes: um de 6 mm de diâmetro, para sucos e refrigerantes, o primeiro a ser disponibilizado; outro de 8 mm, para vitaminas e sucos mais grossos e o de 11 mm, para milkshakes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O canudinho de papel será vendido pelo site da empresa. Cada caixa com mil unidades vai custar, em média, 150 reais.

crédito das fotos: divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,860,568SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Adolescente constrói moto elétrica de madeira movida a energia solar em Gana, no continente africano

Um adolescente do ensino médio de Gana, nação de 30 milhões de habitantes no oeste do continente africano, vem ganhando notoriedade por sua criatividade...

Polícia Militar presenteia menina de Wenceslau Braz (PR) com celular para ela voltar a estudar

Os Policiais Militares do 2º Batalhão da Polícia Militar em Wenceslau Braz receberam uma cartinha muito comovente no último mês. Maria, 12 anos, estava sem...

São Luís é a 1ª capital brasileira a vacinar pessoas com 18 anos ou mais sem comorbidades contra a Covid-19

Boas notícias para a capital maranhense! Desde terça-feira (22), São Luís se tornou a primeira capital do país a vacinar pessoas a partir de...

Após 70 anos, livro ‘O Pequeno Príncipe’ ganha versão em braille

Lançado em 1943, O Pequeno Príncipe, do escritor, ilustrador e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry, é uma das obras literárias mais traduzidas no mundo:...

Instagram