Cão salva menina de 7 anos de ataque de cascavel

O valente Haus, da raça pastor alemão, pulou na frente da menina Molly DeLuca, de apenas sete anos, na Flórida, nos Estados Unidos, quando ela foi atacada por uma cascavel venenosa, no jardim da sua casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele a protegeu com a lealdade típica dos cães – não é à toa que eles considerados “o melhor amigo do homem”. A cobra picou Haus três vezes, causando sérios danos nos seus rins.

1443544

A mãe de Molly diz que ela e a filha adotaram Haus há dois anos em um abrigo, e que eles são inseparáveis. Por isso mesmo, não foi nenhuma surpresa o cão ter arriscado a própria vida para salvar Molly.

A história comoveu centenas de pessoas que ajudaram a família com doações para pagar o antídoto que mantém Haus vivo. A meta de US$ 15 mil foi rapidamente ultrapassada no site GoFundMe. Até o momento já foram arrecadados mais de US$ 50 mil!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

1443543

1443545

1443541

1443542

Leia também: Cachorro protege outro cão amigo que havia sido atropelado
 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Via/Via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,777,821SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe cria bonecos para todas as crianças se sentirem amadas e representadas

Uma mãe vem quebrando padrões estéticos também impostos pela indústria de brinquedos e que nem sempre percebemos. Amy Jandrisevita, que vive em Wisconsin (EUA),...

Jovem retribui o esforço da mãe e cria projeto para ensinar inglês a quem não pode pagar

Não dá para contar sobre o projeto Free English sem falar da mãe da fundadora. Daianne Castilho Silva, 27 anos, teve a oportunidade de...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Gêmeas sobrevivem a grave incêndio e família conta com apoio de vaquinha para tratamento

Em 2014, as gêmeas Kauane e Cassiane, hoje com 9 anos, sofreram queimaduras de terceiro grau após um grave incêndio causado acidentalmente pelo irmão...

Instagram