Capão Redondo ganha horta de 80m² para moradores colherem alimentos de graça

Quando o assunto é área verde, São Paulo passa vergonha! A cidade possui míseros 2,88m² de parques e praças por habitante. Para ter um ideia, o recomendado pela ONU é que os municípios tenham, no mínimo, 12m² de área verde por morador. Ou seja, a capital paulista está bem mal na fita!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mudar essa realidade – e, com isso, melhorar a qualidade de vida dos moradores – é a grande missão do Pé de Feijão, negócio social incubado pela Yunus que quer espalhar hortas comunitárias pela capital paulista. Assim, além de esverdear a cidade, é possível melhorar a qualidade da alimentação da população, que também é péssima.

Apenas 25% dos paulistanos consomem, diariamente, a quantidade de frutas e verduras recomendada pela ONU. Ou seja, mais da metade da cidade se alimenta de forma nem um pouco saudável. Será que isso mudaria, se existissem hortas por todo o município onde os moradores pudessem plantar e colher alimentos à vontade?

Essa é a aposta do Pé de Feijão, que sabe que o desafio é grande, mas aos poucos está dando conta de vencê-lo! Desde novembro, após campanha de financiamento coletivo, o negócio social mantém uma horta comunitária de 80m² no Capão Redondo, um dos bairros mais cinzas da capital paulista. A área verde foi montada na laje do prédio da Fábrica de Criatividade, um centro de inovação, cultura e lazer criado em 2006 para promover ainclusão social da comunidade do entorno.

A horta comunitária é frequentada, livremente, por todos os moradores do Capão para plantio e colheita de alimentos e, ainda, será palco de oficinas de alimentação saudável – tudo acompanhado de perto pela equipe do Pé de Feijão, que promete mensurar o impacto social e ambiental do projeto para incentivar o aparecimento de cada vez mais iniciativas semelhantes em São Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Curtiu? Assista, abaixo, ao vídeo da iniciativa e fique de olho na página do Pé de Feijão no Facebook para ajudá-los na próxima vaquinha do bem. São Paulo agradece!

Leia mais histórias como essa em The Greenest Post.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,056,852SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Azul Linhas Aéreas lança ferramenta de acessibilidade para deficientes auditivos

A ferramenta "Hugo" vai facilitar a navegação de pessoas com deficiência no site da companhia.

Senhora de 87 anos pinta casas no seu tempo livre para deixar o mundo mais belo

O talento artístico de Agnes Kasparkova, uma senhora tcheca de 87 anos, é, ao mesmo tempo, minimalista e exuberante. Ela mora em uma casa...

Gentileza: jovens poloneses vagam pelas ruas procurando cobertor para sem-teto

Os jovens da “geração millennial” são conhecidos por não desgrudarem de seus celulares e por isso, perderem um pouco a vida real, mas esses três...

Japão recicla 80 mil toneladas de lixo eletrônico para confeccionar medalhas para as Olimpíadas

Em 2016, ao término dos Jogos Olímpicos do Rio e início dos preparativos para as Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tóquio, o comitê responsável pela...

Publicitários criam campanha para incentivar doações a entregadores de apps

Uma dupla de publicitários paulistas criou uma campanha para incentivar doações e valorizar o trabalho dos entregadores de aplicativos. Filipe Rosado e Felipe Revite, ambos...

Instagram

Capão Redondo ganha horta de 80m² para moradores colherem alimentos de graça 4