O carnaval foi cancelado, mas os ambulantes não! Ambev vai ajudar quem sempre esteve na rua durante a folia

Mais um ano sem carnaval e a geração de renda de milhares de ambulantes e catadores de recicláveis vai ser comprometida. Sem os tradicionais bloquinhos, desfiles e festas, as multidões que coloriam as cidades de brilhos e fantasias, os vendedores ambulantes não vão conseguir trabalhar. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi pensando em aliviar as contas dos trabalhadores que tiveram suas atividades prejudicadas com os cancelamentos dos desfiles e de blocos carnavalescos, que a Ambev, pelo segundo ano consecutivo, vai fornecer um auxílio para quem sempre esteve com a empresa durante a folia.

Com um investimento total de R$ 5 milhões, mais de 23 mil pessoas receberão o benefício que será entregue a partir dos pedidos realizados pelo aplicativo Zé Delivery. 

A cada entrega entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março, a empresa vai destinar R$ 5 para um fundo que será dividido entre os catadores.

Parceiros de outros carnavais: #AjudeUmAmbulante

​​As pessoas que já foram contempladas no ano passado poderão receber os auxílios este ano. Serão ambulantes e catadores de recicláveis que atuaram em parceria com a Ambev em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Salvador em 2020. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a Ambev, a iniciativa “demonstra o reconhecimento dos ambulantes e catadores como prestadores de serviços oficiais do Carnaval”.

O carnaval foi cancelado, mas os ambulantes não! Ambev vai ajudar quem sempre esteve na rua durante a folia 3

A ação será viabilizada pela Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT), que mobilizará cooperativas locais selecionadas para cadastro e pagamento a catadores cooperados e avulsos.

Além do apoio financeiro, ambulantes e catadores terão acesso a 3 mil bolsas de estudo para cursos de profissionalização em diversas áreas, escolhidas pelos próprios alunos, na plataforma de ensino online eduK. A ação visa dar acesso à qualificação para que eles possam ter fontes alternativas de renda e/ou se profissionalizar em suas áreas de interesse. As bolsas ficarão disponíveis por três meses.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para saber mais, acesse: ambev.com.br/parceirosdeoutroscarnavais 

O carnaval foi cancelado, mas os ambulantes não! Ambev vai ajudar quem sempre esteve na rua durante a folia 4

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filme mostra que somos todos buscadores incansáveis da felicidade. Somos iguais.

A premissa de que as diversidades nos fazem iguais nunca fez tanto sentido. Enquanto o mundo entra em guerras por poder alegando supremacias inventadas,...

Motorista parabeniza mulher que passou por 16 rodadas de quimioterapia contra o câncer: ‘Guerreira’

A felicidade do outro também pode ser nossa felicidade e celebrar as conquistas do próximo, uma maneira de exercitarmos nossa empatia. Um bom exemplo disso...

Artista faz retrato com 2 milhões de pontos em nanquim para ajudar homem com amnésia

O retrato feito pelo artista é de um homem que, em 2004, foi encontrado num restaurante de Fast Food na Georgia. Ele não tinha...

Vovó de 75 anos com Parkinson começa a lutar boxe para diminuir os sintomas da doença

"Meu médico disse um dia que era proibido ficar parada", explica a vovó Nancy Van Der Stracten, da Turquia. Diagnosticada com Parkinson há cerca...

Casal de catadores ganha casamento na Parada de Franco da Rocha (SP)

O casamento de Erica, travesti, e Jorge, homem cis, abriu a 2ª Parada LGBTQ de Franco da Rocha (SP).

Instagram

O carnaval foi cancelado, mas os ambulantes não! Ambev vai ajudar quem sempre esteve na rua durante a folia 6