Carpinteiro encontra R$ 2 mil e passa 20 dias procurando o dono no PI

José Erisvaldo é morador do município de Brasileira, localizado a 160 km de Teresina. O carpinteiro passou quase um mês tentando localizar o comerciante Carlos Borges, morador de Piripiri, dono da quantia de R$ 2,3 mil que ele encontrou quando passava pela BR-243, no início de abril.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A irmã de Erisvaldo, Charlane Sousa, registrou a devolução do dinheiro – um grande exemplo de honestidade – e compartilhou em seu perfil no Facebook. “Tem coisas que não tem valor e honestidade é uma delas”, escreveu ela. O irmão voltava para casa quando avistou o dinheiro espalhado pela pista e um cartão com poucas informações.

Segundo informações do G1, no cartão, havia o nome de uma pessoa chamada Tertuliano. Sousa foi procurar o homem, mas descobriu que ele tinha se mudado e ninguém sabia endereço. Contudo, ela seguiu procurando, até obter a informação de que ele poderia estar internado no Hospital Chagas Rodrigues, na cidade de Piripiri.

carpinteiro-devolve-dinheiro-para-comerciante-no-Piauí

Porém, ao chegar no hospital, ela descobriu que esse Tertuliano não era o dono do dinheiro que o irmão encontrou – Borges fornecia alimentos para Tertuliano e, por isso, o cartão estava junto com ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Borges usaria o dinheiro para pagar algumas contas – os boletos estavam atrasados já havia um mês. Ele quase não acreditou quando recebeu a ligação de Erisvaldo – achou que era um trote –, dizendo que tinha encontrado seu dinheiro.

Leia também: Motorista de ônibus em Campinas encontra pasta de dinheiro e devolve ao dono sem pensar duas vezes

O comerciante ficou bastante emocionado quando recebeu o dinheiro, após vinte dias, e, como agradecimento, deu a Erisvaldo a quantia de R$ 200. E não é a primeira vez que o carpinteiro toma essa decisão. Ele disse que há alguns anos encontrou um valor semelhante e também devolveu.

Apesar de muita gente falar para ele desistir de procurar Borges, com a ajuda da irmão, e gastar todo o dinheiro, Erivaldo insistiu, por uma simples razão: o dinheiro não era dele.

Foto: Reprodução/Facebook

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,811,797SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Amigos criam mini-vila sustentável para viverem juntos até a velhice

Amigos muitas vezes são a família que a gente escolheu e esse é exatamente o caso desses amigos que se conhecem há duas décadas. Eles...

Idosa escreve milhares de cartões para agradecer caminhoneiros por entregas na pandemia

Você já parou para pensar o quanto o trabalho dos caminhoneiros tem sido essencial? Pois a idosa Beverley Perrin sim! A canadense decidiu entregar...

Loja de Açaí em Brasília manda bilhetinhos em delivery e muda a vida de cliente com depressão

Quando você faz um pedido em um aplicativo de comida, você nunca imagina que vai ganhar alguma surpresinha, certo?! Mas e se você recebesse...

Lei que amplia licença-paternidade de 5 para 20 dias é sancionada

Já comentamos aqui no Razões alguns avanços que vem acontecendo com relação à igualde de pais e mães sobre a licença maternidade e, no...

Jovem reproduz mesma foto com o pai, do ensino fundamental até a faculdade, e post viraliza.

Eu acho que todo mundo tem fotos de alguns momentos importantes, desde quando nasceu até a vida adulta. É comum fazer esse tipo de...

Instagram

Carpinteiro encontra R$ 2 mil e passa 20 dias procurando o dono no PI 1