Carpinteiro sem filhos paga faculdade de 33 desconhecidos com dinheiro da poupança

Em 2005, um idoso de Iowa (EUA), ao falecer, deixou em seu testamento a doação de todo o valor acumulado de sua poupança para 33 jovens desconhecidos fazerem faculdade. Dale Schroeder trabalhou como carpinteiro por 67 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Amigos e familiares de Dale afirmam que ele tinha apenas dois pares de jeans e um caminhão enferrujado para trabalhar, tendo vivido uma vida extremamente humilde, simples e regrada.

Dale discretamente acumulou US$ 3 milhões (R$ 12 milhões) numa caderneta de poupança que seria destinada a um fundo estudantil nos Estados Unidos para jovens carentes, que não podem pagar a mensalidade de uma faculdade.

Após 14 anos, os fundos finalmente acabaram, tendo auxiliado 33 desconhecidos a pagarem a faculdade e se formarem no ensino superior, uma oportunidade que o próprio Dale não teve.

Nascido numa família com poucos recursos, ele cresceu pobre e nunca pôde ir para a faculdade. O idoso nunca se casou e jamais teve filhos. Meses antes da sua morte, em 2005, ele contatou Steve Nielsen, seu amigo e advogado, para discutir o que fazer com suas economias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ele queria ajudar crianças que eram como ele e que provavelmente não teriam a oportunidade de ir para a faculdade, queria presenteá-las”, disse Nielsen. “Eu disse: de quanto estamos falando, Dale?” E ele disse: ‘Oh, cerca de US$ 3 milhões’. Eu quase cai da minha cadeira.”

A maior parte desse dinheiro foi para o fundo de bolsas de estudo de Schroeder. As bolsas ajudaram futuros professores, médicos e terapeutas a realizarem seus sonhos de continuar cursando o ensino superior.

Carpinteiro envia 33 jovens desconhecidos para a faculdade após acumular R$ 12 milhões em poupanças

Agora que o dinheiro acabou, os 33 beneficiários, que se referem a si mesmos como “Dale’s Kids” (As Crianças de Dale), prometeram ‘pagá-lo’, levando seu propósito adiante.

“Não queremos o dinheiro de volta. Tudo o que pedimos é que eles passem a iniciativa adiante”, disse Nielsen. “Você não pode, nem precisa devolver o dinheiro de volta, porque Dale se foi. Mas você pode se lembrar dele – você pode imitá-lo.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Razões e o Educa Mais Brasil te ajudam a conseguir bolsa de estudo para cursos técnicos e profissionalizantes, cursos de idiomas, entre outras, clique aqui.

Recentemente, As Crianças de Dale se reuniram no antigo trabalho do idoso para falar sobre como ele mudou suas vidas, mesmo sem nunca tê-lo conhecido pessoalmente. Uma delas é Kira Conard, que se formou em Psicologia.

“Eu cresci em uma família monoparental e eu tinha três irmãs mais velhas, então pagar por todas nós nunca foi uma opção”, disse Conrad. “[Isso] quase me fez sentir impotente, como ‘eu quero fazer isso, eu tenho esse objetivo, mas não posso chegar lá porque não tenho dinheiro”’.

Carpinteiro envia 33 jovens desconhecidos para a faculdade após acumular R$ 12 milhões em poupanças

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Kira estava prestes a concluir o ensino médio, mas não tinha esperanças de ingressar no ensino superior devido à falta de recursos. No entanto, semanas antes da formatura, ela recebeu um telefonema de Nielsen, amigo de Dale, informando que o primeiro ano da faculdade havia sido pago por um “bom amigo”.

“Comecei a chorar imediatamente”, disse Kira. “Um homem que não me conhece, nunca me viu, mas que pagou minha faculdade? Isso é incrível. Isso nunca acontece.”

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Yahoo/Fotos: Reprodução/Yahoo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,838,442SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Painéis movidos a energia solar transformam vapor em água potável, em comunidade indígena nos EUA

Um projeto social muito bacana, está ajudando cerca de 15 famílias do povoado indígena Navajo, nos Estados Unidos. Em sua fase inicial, a iniciativa...

Ex-sem teto abre restaurante vegano e mata a fome de pessoas em situação de rua

A história do ex-morador de rua Gabriel Guimarães é tão forte que é até difícil de acreditar. Mas Gabriel deu a volta por cima,...

Estudantes fazem ovação silenciosa para colega autista na formatura

Para os estudantes da Carmel High School, o diretor Lou Riolo é um "educador fantástico". Recentemente, ele deu mais uma prova que justifica esse...

O cabelo crespo da Ludmilla é um ato importantíssimo para a beleza negra

"Eu fui criada achando que cabelo crespo, cacheado e enrolado era a coisa mais feia do mundo e que aquilo não era normal."

Menino salva irmãzinha que estava engasgada com técnica que aprendeu em programa do Nickelodeon

Adultos tendem a pensar que as crianças mal sabem o que se passa ao seu redor. Mero engano! Na Carolina do Norte (EUA) um...

Instagram