Cartilha em Braille sobre câncer de mama orienta mulheres deficientes visuais na Paraíba

Um trabalho desenvolvido em Campina Grande, na Paraíba, tem orientado mulheres deficientes visuais sobre o câncer de mama com uma cartilha em BrailleO projeto foi desenvolvido pela Coordenação Municipal de Saúde da Mulher junto com estudantes de enfermagem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a professora Aleksandra Costa, a ideia surgiu quando ela foi convidada para dar uma palestra no Instituto dos Cegos da cidade com orientações sobre prevenção e cuidados relacionados à doença. “Eu percebi que apenas a explicação por meio da fala não seria suficiente para aquelas mulheres com deficiência visual entenderem tudo o que estávamos querendo passar pra elas”, disse ao Razões.

Leia também: Jovem cria matriz inédita para bordados em Braille

Foi neste momento que ela e estudantes voluntários da Liga Acadêmica de enfermagem materno-infantil de uma faculdade particular decidiram construir a cartilha com formas de prevenção do câncer de mama, exercícios para identificação de sintomas, autoexame e outras orientações.

cartilha braille câncer mama orienta mulheres cegas
Cartilha em Braille leva orientação a mulheres deficientes visuais sobre o câncer de mama. As ‘mini-mamas’ ajudam a identificar sinais da doença

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

cartilha braille câncer mama orienta mulheres cegas

Além da cartilha em Braille, foi construído outro material com fontes grandes para mulheres com baixa visão, um CD com orientações em áudio e as ‘mini-mamas’, que são simulacros de seios para ajudar a identificar por meio do tato quais são os sinais de que existe câncer de mama ou cistos, como nódulos, retrações, secreções nos mamilos.

“A ideia foi de aproveitar a sensibilidade que elas têm no tato para facilitar esse entendimento. Por fim, o objetivo de promover autonomia e autoconfiança nas mulheres, além da acessibilidade à informação, foi alcançado”, disse Aleksandra. “A informação salva vidas e é fundamental quando é de qualidade”, completa John Queiroz, presidente do Instituto dos Cegos de Campina Grande.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

cartilha braille câncer mama orienta mulheres cegas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito das fotos: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,444,158SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotógrafo transforma sonhos de um garoto com distrofia muscular em realidade

Na série intitulada “O Pequeno Príncipe”, o fotógrafo Matej Pelyjhan da eslovênia, fez um ensaio com um garoto de 12 anos chamado Luka –...

Cabeleireira raspa o cabelo em apoio a cliente em tratamento contra o câncer

Se enfrentar um câncer já é extremamente árduo, perder os cabelos pode ser um dos momentos mais tristes na vida de uma mulher. Mas...

Mães da Sé propõe novo movimento para #10yearchallenge

A ONG Mães da Sé lança um novo desafio: o #XXyearchallenge, o desafio para encontrar pessoas desaparecidas.

Cliente arrecada US $ 27 mil e ajuda funcionário de drive-thru a voltar para universidade

Vocês já ouviram aquela história que a união entre as pessoas alcança limites extraordinários? É o caso do Vishnu Gopansothilingan, um jovem que acredita...

O que tiraria você de uma vida confortável para morar no maior campo de refugiados do mundo?

Victor Wedemann viveu uma das experiências mais intensas de sua vida ao morar no campo de refugiados de Moria, a maior porta de entrada...

Instagram