Casa do futuro em Niterói dispensa rede elétrica, de água e de esgoto

Já imaginou uma casa que não precisa ser ligada à rede elétrica, de água e de esgoto?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pois, graças à empresa Ampla, em parceria com a PUC-Rio e FGV-RJ, isso já é quase uma realidade em Niterói.

Chamado NO.V.A, sigla para “Nós Vivemos o Amanhã”, o projeto disponibilizou um site onde pessoas do mundo todos eram convidadas a deixar suas sugestões do que seria para eles uma casa ideal no futuro.

A parte arquitetônica ficou por conta do escritório paulistano Studio Arthur Casas, que foi encarregado de viabilizar parte das quatro mil ideias enviadas pelo site.

Foram mais de 200 mil acessos de 106 países. “Desenhamos a arquitetura que respeitava esses desejos”, conta o arquiteto Rodrigo Carvalho, que participou da concepção da casa em entrevista à Folha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A primeira casa vai funcionar como um laboratório para estudos de tecnologia e sociologia para as faculdades envolvidas no projeto. “A proposta da casa é vivenciar como seria morar no futuro, queremos ver como as pessoas vão lidar com isso”, conta Carvalho.

A residência futurista conta com quatro quartos, sendo que três deles serão destinados a famílias ou casais que passarão períodos de seis meses compartilhando o local.

O terreno escolhido tem 2,5 mil m² e uma área 390 m² construídos. A obra deve começar em janeiro de 2016 e espera-se que fique pronta antes dos Jogos Olímpicos de 2016, em agosto.

Para que o prazo seja alcançado, o projeto vai utilizar módulos pré-fabricados, que economizam recursos na construção e reduzem o tempo de obra.

Ao final da construção, a casa contará com tratamento de esgoto realizado no próprio terreno, reaproveitamento de água da chuva, painéis solares, pisos que produzem energia elétrica com o impacto que recebem, sistema de ventilação que dispensa ar-condicionado e um biodigestor que produzirá gás para a cozinha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O resultado será uma residência que produz 85% menos resíduos e emite 80% menos carbono do que outras casas de mesmo tamanho.

“Ele também propõe que haja uma relação com o terreno, como uma horta grande, onde as pessoas possam cultivar o próprio alimento”, explica o arquiteto. O projeto prevê uma horta de até mil metros quadrados.

O valor da casa será semelhante ao de casas tradicionais, mas com o beneficio de não ter contas, então teria um melhor custo-benefício.

E apesar de ainda não ter saído do papel, ela já concorre a certificados internacionais de sustentabilidade, como o “Green Building Challenge”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

150914083032_casadofuturo_624x351_divulgacao_nocredit

casa-nova-01-e1442245004179

casa-nova-02-e1442244887106

casa-nova-03-e1442244975301

casa-nova-04-e1442244928982

colunas-design-do-bom-casa-nova-02_1

Screen Shot 2015-10-26 at 8.25.25 AM

Fonte: Folha de S. Paulo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,835,884SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Empresário contrata pessoas baseado na vontade de trabalhar e não no currículo

Olha que interessante, essa semana publicamos sobre um jovem no Paraná que ajuda a montar e imprimir currículos de graça, relembre aqui. E hoje...

Bruxelas plantará uma árvore para cada recém-nascido

A capital da Bélgica, Bruxelas, lançou uma campanha em que pretende plantar uma árvore para cada um dos 3 mil bebês nascidos por ano...

Jogadoras da seleção feminina de futebol do Afeganistão ganham hijab especial para a prática do esporte

As jogadoras da seleção feminina do Afeganistão ganharam um uniforme mais adequado para jogarem futebol, nessa terça-feira (8). A empresa de material esportivo Hummel, fornecedora...

Senhora de 70 anos arrisca sua própria vida para salvar seu cão

A senhora de 70 anos arriscou a própria vida ao pular nas águas geladas do rio Avon em Bath na Inglaterra em busca de...

Instagram