Casal capixaba larga emprego para cuidar dos 7 filhos autistas em tempo integral

A vendedora Lilian Ribeiro, de 40 anos, e o marido, o microempresário Marco Antônio de Oliveira, de 50, precisaram largar o trabalho para se dedicar integralmente aos sete filhos: todos eles são autistas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é caracterizado por perturbações do desenvolvimento neurológico, todas relacionadas com dificuldade no relacionamento social.

Com idades entre 1 e 11 anos, as crianças são cuidadas em casa com muito amor, paciência e dedicação pelos pais, que levam uma rotina super-heroica.

Atualmente, eles recebem auxílio do governo e doações de cestas básicas de amigos, conhecidos e familiares em Vitória (ES).

Casal sete filhos autistas Vitória

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sete filhos autistas

Semanalmente, são 56 litros de leite para alimentar as crianças, outras mil fraldas por mês e dezenas de remédios.

Lilian relata que pouco depois de engravidar do segundo filho, Lucas, de 8 anos, descobriu que o primeiro, Lázaro, 11, era autista.

E assim sucessivamente: na terceira gestação, de Luís Miguel, 7, e das gêmeas Isadora e Yasmin, 5.

A gravidez das duas filhas mais novas – Stefanny, 4, e Ysabella, 1 – não foram planejadas. Enquanto Stefanny já foi diagnosticada com o Transtorno do Espectro Autista , Ysabella ainda não. No entanto, seu pai não tem dúvidas quanto a isso.

Leia tambémPai autista se emociona no casamento da filha e chora de alegria; veja as fotos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ela apresenta os mesmos sintomas. Eles não falam, choram sem motivo, dormem e acordam gritando, e não conseguem ficar muito tempo parados”, contou Marco.

A mãe das crianças explica que o diagnóstico do transtorno é confirmado entre 1 e 3 anos de idade. “Daí a minha falta de conhecimento sobre os riscos em cada gestação.”

Marco confidencia que cada filho manifesta os sintomas de uma maneira diferente: há casos leves, médios e graves: “Eles podem ficar nervosos e agitados com qualquer coisa e a qualquer hora, mas são carinhosos”. Os irmãos brigam, mas também brincam muito juntos.

Leia também: Fábrica volta a produzir biscoitos amanteigados para atender menino autista em AL

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pai e mãe se revezam todos os dias para dar banho e café da manhã para os sete filhos antes de irem à escola. “Tem de ser tudo bem próximo da hora de sair, porque se eu deixá-los prontos muito antes, eles ficam agitados e já querem ir embora.”

Recentemente, o microempreendedor adaptou uma bicicleta com bancos especiais para levar os filhos com mais conforto até a escola, que fica no mesmo bairro onde moram, em Goiabeiras, na capital capixaba.

Ocasionalmente, eles vão de ônibus à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), onde fazem acompanhamento. Lilian leva dois filhos por dia da semana.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Tribuna Online/Fotos: Thiago Coutinho/AT

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,644,941SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovens da Rocinha vão produzir aplicativo de mobilidade para a comunidade

Jovens de 16 a 24 anos irão desenvolver um aplicativo de mobilidade urbana para a comunidade.

Empresa de engenharia alfabetiza funcionários e ensina informática

Uma empresa que atua há mais de 36 anos na construção civil e acredita no reconhecimento e valorização do seu time, a MPD Engenharia...

Jovem reconhece mulher que a ajudou quando criança e cuida dela em hospital

A Dani reconheceu a Renata assim que ela entrou no quarto do hospital. Juntamente com a mãe, a Dani cuidou todos os dias da mulher que tinha acabado de fazer um parto de cesária.

Parlamento chinês aprova lei que pune violência doméstica contra as mulheres

Até a aprovação da nova lei, a China não possuía nenhum dispositivo legal que punisse a violência doméstica contra a mulher, embora, ainda, exclua...

Irmãs criam suporte com água e sabão para catadores lavarem as mãos

Uma ação para ser multiplicada! Duas irmãs criaram um suporte com água e sabão para catadores de reciclagem lavarem as mãos. Hadassa Yasmin Silva Souza,...

Instagram