Casal já adotou 88 crianças especiais abandonadas por seus pais biológicos

Nas últimas quatro décadas, o casal Mike e Camille Gerardi adotou 88 crianças. O pediatra e a enfermeira se conheceram em 1973, no Hospital da Criança de Miami, na Flórida (EUA).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em todos esses anos, o casal viu muitos pais deixarem no hospital filhos que nasceram com doenças ou algum tipo de deficiência. Preocupados com o destino dessas crianças, Mike e Camille decidiram adotá-las. “Quando Mike me pediu em casamento, eu disse a ele que queria fazer uma casa para crianças e ele disse: ‘Eu quero seguir seu sonho’”, contou Camille à CNN.

[Matéria continua depois do vídeo abaixo]

Convidamos cinco mulheres que enfrentaram o câncer de mama para falar sobre suas experiências. Mas elas não sabiam que, durante a gravação do vídeo, seriam surpreendidas. Nesta linda homenagem, as filhas presenteiam suas mães com um sutiã especial (para quem viveu o câncer) acompanhado por uma prótese externa, uma espécie de enchimento que encaixa na lingerie. Assista o vídeo e prepare o lencinho:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A primeira adoção aconteceu em 1986. De lá pra cá, Mike e Camille acolheram 17 crianças diagnosticadas com síndrome de Down, síndrome de Zellwegger, com deformações no crânio, autismo, deficiências de desenvolvimento, lesões e outros distúrbios. Infelizmente, muitas delas tiveram doenças terminais. “As crianças que eu levei eram desacreditadas. Mas muitos deles sobreviveram”.

Através da Fundação Possible Dream, o casal ajuda outras crianças especiais e suas famílias. Até 2016, Mike e Camille já haviam adotado ou se tornado tutores de 88 crianças, sendo que 31 sobreviveram. Mike faleceu no ano passado, aos 73 anos, após ser diagnosticado com um câncer agressivo. Mas, Camille continua firme e forte na sua missão. Em sua casa na Geórgia, ainda moram 20 filhos. Os demais já são adultos, trabalham e constituíram suas famílias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Reprodução Facebook

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,765,320SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Um cachorro, 8 pássaros e um hamster são os melhores amigos mais fofos do mundo

Conheça Bob, o golden retriever mais amigável que já passou por aqui. Bob mora em São Paulo, aqui no Brasil, junto com seus 8 pássaros...

Nova coleção da Turma da Mônica aborda temas como ansiedade, luto, tristeza e medo

Com ilustrações de Maurício de Sousa, os personagens da Turma da Mônica devem provocar empatia e identificação da criança com conflitos apresentados.

Plataforma jurídica oferece cursos de direito gratuitos por 30 dias

A plataforma reúne aulas, palestras, congressos online, minicursos, séries, documentários e muito mais.

Garoto de 7 anos aplica técnica “Samuzinho” e salva primo engasgado com espinha de peixe

Graças aos conhecimentos recém-adquiridos no projeto "Samuzinho", o pequeno Walter Neto, 7 anos, salvou seu primo, Davi, 3 anos, após ele se engasgar com...

Ele criou um projeto que prepara jovens da periferia para o mercado de trabalho

Num pequeno quarto de sua casa, com móveis e materiais encontrados no lixo, o jovem Miguel da Hora já impactou com o seu projeto autônomo mais de 7 mil pessoas, através de produções e desenvolvimento de tecnologias abertas com os jovens da periferia.

Instagram