Casal adota bebê com deficiência abandonada em hospital

Quando tinha apenas quatro meses de idade, Safe foi abandonada pelos pais biológicos em um hospital.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Grace, que participa de um programa governamental de adoção de crianças, recebeu o convite para adotá-la e levá-la para casa. “Oi, Grace. Uma garotinha foi abandonada. Precisamos colocá-la em um lar adotivo. Você pode buscá-la em uma hora?”, dizia a ligação.

Ela e o marido, Jesse, já eram pais de 8 filhos adotivos quando foram ao hospital buscar Safe. “Não pensamos duas vezes”, diz Grace.

Casal adota bebê com deficiência abandonada em hospital

“Quarenta e cinco minutos depois, a princesinha paquistanesa mais perfeita do mundo foi colocada em nossos braços”, relembrou a mãe adotiva ao site Love What Matters.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Safe tinha um sobrenome peculiar: Surrender (“Renda-se”, em tradução livre). Em seu novo lar, passou a ser chamada de ‘Little Safe’ pela vizinhança, que a acolheu carinhosamente.

Leia também: Enfermeira adota bebês gêmeos com doença genética abandonados em hospital

A pequena continuou sob observação médica e precisava fazer uma série de exames no hospital onde nasceu. Entre uma consulta e outra, constatou-se uma série de problemas congênitos.

Safe precisou passar por algumas cirurgias e conviveu com uma bolsa de colostomia por meses.

“Grace, ela tem necessidades médicas bem extensas. Acha que podem lidar com isso? Podemos movê-la para outra casa”, ofereceu a assistente social. Mas o casal jamais pensou em desistir. “Vimos ela se curar e a começar a confiar em nós. Simplesmente a amamos e ela floresceu”, afirma a mãe. Safe enfrentou sua última cirurgia quando tinha 10 meses.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Prestes a fazer um ano, em março de 2018, Safe estava recuperada e pronta para a cerimônia oficial de adoção. Certo dia, o telefone de Grace voltou a tocar: “Parabéns! Conseguimos uma data em março para a cerimônia de adoção. Convide quem você quiser e vários assistentes sociais estarão presentes. Eles querem ver esse caso até o fim”, dizia.

Casal adota bebê com deficiência abandonada em hospital

Em 14 de marco de 2018, Jesse e Grace adotaram oficialmente Safe, frente a um tribunal com mais de 70 convidados – entre familiares, amigos e assistentes sociais.

Leia também: Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Olhei e vi uma garotinha cujo nome contou a história do seu nascimento. Uma garotinha que tinha perdido tanto, mas que ganharia muito mais”, contou Grace.

Os pais adotivos da pequena lhe deram um novo nome: Arya Hope (“Esperança”, em inglês).

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Bebê Mamãe/Fotos: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,293,090SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto constrói casas sustentáveis para famílias pobres em até dois dias

Uma ideia simples e um projeto arrojado estão mudando a vida de centenas de famílias de São Paulo. O EcoLar constrói casas modulares de...

Queniano desenvolve luvas capazes de traduzir em áudio a língua de sinais

O engenheiro elétrico Roy Allela, de 25 anos, desenvolveu um dispositivo capaz de traduzir a língua de sinais em áudio. As "luvas inteligentes" são uma...

Gaivota visita idoso que a salvou há 12 anos todos os dias

O inglês John Sumner arranjou uma inusitada amizade há 12 anos. Em 2007, ele avistou um pássaro com uma perna quebrada e decidiu cuidar...

Professor junta dinheiro e leva 26 alunos pela primeira vez ao cinema

Comemorando antecipadamente o Dia das Crianças, o professor Edwin Linares juntou dinheiro e levou seus 26 alunos para conhecer e apreciar a magia do...

Câncer, literatura e amizade verdadeira

Esta é umas das histórias mais bonitas de amizade que vi em tempos. Nachu tem câncer terminal, e pode morrer até junho (calma, não é...

Instagram

Casal adota bebê com deficiência abandonada em hospital 1