Casal que adotou bebê com síndrome de down garante que ela é a alegria da casa

O casal Érika Benetti, 45 anos, e Carlos Benetti, 33 anos, estavam desde 2009 na fila de espera para adoção na Vara da Infância e Juventude.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando, finalmente, uma ligação de uma psicóloga do Lar de Miriam colocou Natália, um bebê de 6 dias com Síndrome de Down, na vida deles e tudo mudaria para sempre.

Após três filhas de um outro casamento (21,24 e 26 anos), Érika que fez laqueadura, optou juntamente com seu marido pela adoção.

“A psicóloga nos ligou uma quarta-feira, mas na sexta-feira já queria uma resposta se ficaríamos ou não com a criança. Pensei muito, não conseguia nem trabalhar direito. A Érika me apoiaria em qualquer decisão”, explica Carlos.

“Neste curto espaço de tempo, uma noite o Carlos me convidou para jantar e me levou comprar um par de brincos para a Natália. Logo no dia seguinte fomos buscar ela, era 20 de dezembro de 2013”, conta Érika.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Hoje, com 2 anos, toda a família diz que ela é a alegria da casa. “Tudo na Natália é um aprendizado, ela nos ensina muito, só distribui amor”, diz a mãe.

“Talvez senão tivéssemos adotado, a Natália estaria ainda no Lar de Mirian. Hoje, se precisasse, faria tudo novamente, sem pensar duas vezes. Tem muito tabu em cima das crianças com síndrome de down”, conta o pai, que é técnico em mecânica.

“Existe um preconceito das pessoas infelizmente. A Natália faz tudo que qualquer outro bebê faz, é extremamente carinhosa. Tudo de bom que está acontecendo na nossa vida é por causa da nossa filha”, ressalta Érika, auxiliar de enfermagem no Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM).

Fonte: A Razão

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,824,688SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem transgênero adia sua transição para antes ter um bebê

Falar de onde vêm os bebês para as crianças é quase sempre uma tarefa complicada, mas se você fazer essa pergunta para a Luca,...

Colegas aprendem Libras para ajudar menino surdo com o conteúdo das aulas

Mais do que aprender LIBRAS, as crianças estão aprendendo a valorizar o outro e a respeitar as diferenças.

Crianças ajudam amigo com paralisia cerebral a brincar em parque aquático – veja o vídeo

A cena doce de duas crianças brincando com um amiguinho que tem paralisia cerebral em um parque aquático tocou o coração de mais de 500...

Alunos fazem vaquinha para montar bicicletários nas redodenzas da escola em SP

Os alunos da Escola Santi, no bairro do Paraíso, em São Paulo, queriam melhorar a mobilidade urbana e promover a cultura da bicicleta. Para isso, eles...

Confeiteira cozinha para dezenas de famílias carentes que perderam tudo em incêndio (SP)

Incêndio em comunidade de SP deixou muitas famílias desabrigadas.

Instagram