Casal brasileiro sai nas ruas distribuindo marmita para sem-tetos

Um dia o casal Joelma e Silvio Zequinão resolveram que não podiam mais ignorar a situação dos moradores de rua e passaram a fazer quentinhas para alimentá-los.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No início, eram apenas 20 marmitas que eles distribuíam com o próprio carro entre os sem-teto de São José dos Pinhais e Curitiba, no Paraná.

O gesto do casal contagiou outras pessoas e, no mês seguinte, apareceram voluntários e foram feitas 60 marmitas.

“Não podemos ficar na dependência do governo. Não é missão religiosa, nem nada. É questão de ajudar, de solidariedade”. “A boa vontade” é fundamental, afirma Joelma.

Hoje, o “Vida no Prato” acontece a cada 15 dias e o número de refeições distribuídas subiu para 100 a cada visita. De dois, passaram para 20 voluntários.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma senhora emprestou um espaço maior, da APMIF (Associação de Proteção à Maternidade Infância e Família), para o preparo das refeições.

“Graças a Deus já estamos realizando entregas dois domingos por mês, passamos para domingo porque nesse dia os moradores de rua tem menos opções de busca de alimento, porque os locais fecham no domingo a noite”, revelou Zequinão ao Só Notícia Boa.

O projeto conta com doações de alimentos e a ajuda de voluntários. E você pode ajudar também através da página deles no Facebook.

Fonte: Só Notícia Boa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,565,291SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Conheça Bosco Farias: deficiente visual e ritmista de um bloco de carnaval de Fortaleza

Bosco toca caixa na bateria do bloco Camaleões do Vila, e não se considera um exemplo de “superação”.

Há mais de 10 anos, dupla de cães acompanha caminhão da coleta de lixo em São Paulo

“O pessoal brinca que eles têm até o crachá da empresa."

Brasília recebe inédito encontro no “Elas cantam da Bossa ao Samba”

Elza Soares, Wanda Sá, Zélia Duncan e Mariene de Castro dividirão os microfones

Homem planta mais de 1000 girassóis para homenagear sua esposa que morreu de câncer

Muita gente passa a vida procurando por um grande amor. Outros acham, mas precisam se despedir. Foi o caso do fazendeiro norte-americano Don Jaquish, de 66...

Neurocirurgião reduz salário em 25% para atender mais pacientes

O corte salarial de 25% no hospital em que é assalariado nos EUA possibilita que o neurocirurgião use suas férias prolongadas para seguir com sua vocação filantrópica na Nigéria.

Instagram