Casal faz campanha para idoso de 83 anos que andava longas distâncias para cortar sua grama

O americano John Joyce tira o seu sustento cortando grama. Joyce é como todo jardineiro, tem clientes espalhados em vários lugares. É praticamente impossível trabalhar sem um veículo próprio, ainda mais porque John tem 83 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

John ia para o trabalho em uma Pick Up 1994, até que o motor teve um problema irreversível. O carro ficou parado na garagem e John não teve outra escolha senão ir trabalhar a pé.

Um de seus clientes mais fiéis, Robert Norton, sabendo da luta de John para não deixar de trabalhar, decidiu fazer algo a respeito. A situação do jardineiro era ainda mais dramática porque sua mãe tinha falecido poucos dias depois do motor do carro dar problema. Além de percorrer longas distâncias, desgastando-se fisicamente – John é um senhor de idade avançada! –, ele lutava para superar o sofrimento que a perda da mãe lhe causou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Robert e sua esposa, Nikki, criaram uma página na plataforma de financiamento coletivo GoFundMe com a esperança de obter dinheiro para comprar uma Pick Up nova para o jardineiro. Felizmente, a campanha foi um sucesso. Eles conseguiram arrecadar mais de 13 mil dólares em doações.

John recebeu as chaves do carro com os olhos cheios de lágrimas. Robert e Nikki estavam igualmente emocionados. A Pick Up foi comprada em uma concessionária de carros usados, em Pinellas Park, na Flórida. Mas, a surpresa não parou por aí. John também ganhou do casal uma máquina de cortar grama novinha em folha. Ele não poderia estar mais feliz! 😉

Via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,573,981SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Depois de 70 anos, homem vê foto de sua mãe pela primeira vez

Demorou quase 70 anos, mas Thomas Cain finalmente pôde ver uma foto de sua mãe. Órfão ainda adolescente, Thomas foi deixado sem quaisquer imagens de seus...

Todos os alunos da UniFavela são aprovados em universidades públicas

Estudando na laje, todos os dez alunos do projeto UniFavela foram aprovados em universidades públicas.

Bloco FrancisKryshna convida foliões a ficarem “bêbados de amor” no pós-carnaval em São Paulo

Ao som de mantras e músicas brasileiras, o bloco FrancisKryshna desfila amor e alegria pela segunda vez no carnaval de rua paulistano.

Moradora do DF esquece carro aberto e é surpreendida com bilhete de homem que fechou o veículo

São desses pequenos/grandes gestos no qual sempre nos referimos aqui no RPA! A administradora Lívia Perdigão Kotama, 27 anos, passou por um episódio curioso nesta...

Instagram